Ciência  BRASIL 30/06/2016

Vacina contra o vírus Zika é testada com sucesso em camundongos

Os resultados sugerem que a produção de uma vacina para humanos será “prontamente realizável”

Uma vacina experimental contra o vírus Zika desenvolvida por pesquisadores brasileiros e norte-americanos foi testada com sucesso em experimentos com camundongos. Os resultados foram publicados na terça-feira (28/06) na revista Nature e, segundo os autores, sugerem que a produção de uma vacina para humanos será “prontamente realizável”.

Virus del Zika. Imagen: FAPESP.
509 palavras
1 Imagens
2 Clips de áudio
Ciência  BRASIL 30/06/2016

Prueban con éxito en ratones una vacuna contra el virus del Zika

La producción de una vacuna para humanos será “rápidamente realizable”, según los expertos

Científicos brasileños y estadounidenses desarrollaron y probaron exitosamente una vacuna experimental contra el virus del Zika en experimentos realizados con ratones. Estos resultados salieron publicados el 28 de junio en la revista Nature y, según los autores, indican que la producción de una vacuna para humanos será “rápidamente realizable”.

Virus del Zika. Imagen: FAPESP.
530 palavras
1 Imagens
2 Clips de áudio
Ciência  BRASIL 23/06/2016

Poluição de Manaus inibe a fotossíntese da floresta e reduz a formação de chuvas

A poluição urbana produzida pela cidade de Manaus tem influência direta – e potencialmente prejudicial – sobre a biogeoquímica da floresta amazônica

Está comprovado: a poluição urbana produzida pela cidade de Manaus tem influência direta – e potencialmente prejudicial – sobre a biogeoquímica da floresta amazônica. Por onde passa, a pluma de poluição que emana da capital amazonense interfere nos mecanismos de produção de partículas de aerossóis, com consequências nos mecanismos de formação de nuvens, sua evolução e a produção de chuva. A interação da pluma urbana com as emissões naturais da floresta produz ozônio em níveis que podem ser fitotóxicos para a vegetação.

Imagen aérea del río Amazonas corriendo a través de la selva brasileña. (Foto: NASA)
898 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 23/06/2016

La polución en la Amazonia inhibe la fotosíntesis y perjudica la formación de lluvias

La ciudad de Manaos ejerce una influencia directa sobre la biogeoquímica de la selva

Está comprobado: la contaminación ambiental urbana producida en la ciudad de Manaos (la capital del estado brasileño de Amazonas) tiene una influencia directa –y potencialmente perjudicial– sobre la biogeoquímica de la selva amazónica. Por donde pasa, la pluma de polución interfiere en los mecanismos de producción de partículas de aerosoles, con consecuencias a su vez sobre los mecanismos de formación de nubes, su evolución y la producción de lluvias. La interacción de la pluma urbana con las emisiones naturales de la selva produce ozono en niveles que pueden ser fitotóxicos para la vegetación.

Imagen aérea del río Amazonas corriendo a través de la selva brasileña. (Foto: NASA)
1.037 palavras
1 Imagens
Ciência  SãO PAULO 22/06/2016
Educação científica

O que as escolas devem ensinar sobre ciência?

Com segunda versão lançada no mês de maio, a Base Nacional Comum define os conteúdos mínimos para o currículo da educação básica no país
Em meio a elogios e críticas, nasce uma Base Nacional Comum Curricular (BNCC) para o Brasil. O documento, ainda provisório e sujeito a novas modificações, definirá o conteúdo mínimo que deve ser ensinado em cada etapa da vida escolar do estudante, desde a educação infantil até o ensino médio. Prevista na Constituição, na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) e no Plano Nacional de Educação (PNE), a BNCC deve padronizar 60% dos conteúdos das áreas de linguagens, matemática, ciências da natureza e ciências humanas – os outros 40% serão determinados pelas próprias redes de ensino e escolas a fim de contemplar particularidades regionais.

Niños en clase.

1.466 palavras
2 Imagens
Ciência  SãO PAULO 16/06/2016

Pesquisadores desenvolvem leite mais saudável

A adição de óleo de canola na ração de vacas leiteiras pode tornar o leite produzido pelos animais mais saudável e apresentar outros benefícios

A adição de óleo de canola na ração de vacas leiteiras pode tornar o leite produzido pelos animais mais saudável e apresentar outros benefícios que não apenas os nutricionais, como diminuir o risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares, autoimunes e inflamatórias. As constatações são de um estudo feito por pesquisadores da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos da Universidade de São Paulo (FZEA-USP), campus de Pirassununga.

Vacas. Foto: Comunicación CSIC.
1.328 palavras
1 Imagens
1 Clips de áudio
Ciência  SãO PAULO 16/06/2016

Investigadores desarrollan un tipo de leche más sana

El añadido de aceite de colza al pienso de las vacas lecheras puede hacer que la leche que producen estos animales sea más sana y aporte otros beneficios

El añadido de aceite de colza al pienso de las vacas lecheras puede hacer que la leche que producen estos animales sea más sana y aporte otros beneficios que se sumen a los nutricionales, tal como la disminución del riesgo de desarrollo de enfermedades cardiovasculares, autoinmunes e inflamatorias. Estas constataciones surgen de un estudio realizado por investigadores de la Facultad de Zootecnia e Ingeniería de Alimentos de la Universidad de São Paulo (FZEA-USP), campus de la ciudad de Pirassununga (São Paulo, Brasil).

Vacas. Foto: Comunicación CSIC.
1.499 palavras
1 Imagens
1 Clips de áudio
Ciência  BRASIL 10/06/2016

Mudanças climáticas ameaçam pererecas

Relacionam os efeitos potenciais das mudanças climáticas esperadas para 2050 sobre a distribuição de quatro pererecas de ampla ocorrência geográfica na América do Sul

As mudanças climáticas ao longo do século 21 são uma ameaça à biodiversidade, colocando em risco muitas espécies da fauna e da flora do planeta. Os biólogos Tiago Vasconcelos e Bruno do Nascimento, do Departamento de Ciências Biológicas da Universidade Estadual Paulista, em Bauru, acabam de publicar um estudo no qual relacionam os efeitos potenciais das mudanças climáticas esperadas para 2050 sobre a distribuição de quatro pererecas de ampla ocorrência geográfica na América do Sul.

D. nanus. Foto: FAPESP.
1.127 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 10/06/2016

Cambios climáticos amenazan a las ranas arborícolas

Un estudio relaciona los efectos potenciales de los cambios climáticos esperados para el año 2050 sobre la distribución geográfica de cuatro ranas arborícolas de amplia existencia en América del Sur

Los cambios climáticos en el transcurso del siglo XXI constituyen una amenaza a la biodiversidad y ponen en riesgo a muchas especies de la fauna y la flora del planeta. Los biólogos Tiago Vasconcelos y Bruno do Nascimento, del Departamento de Ciencias Biológicas de la Universidade Estadual Paulista, con sede en la localidad de Bauru (São Paulo, Brasil), han publicado un estudio en el cual relacionan los efectos potenciales de los cambios climáticos esperados para el año 2050 sobre la distribución geográfica de cuatro ranas arborícolas de amplia existencia en América del Sur.

D. nanus. Foto: FAPESP.
1.274 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 20/05/2016

Estudo desvenda evolução de moscas-varejeiras

Na mesma época em que os dinossauros começaram a desaparecer um grupo de insetos conhecido como 'Schizophora' passou a florescer

Na mesma época em que os dinossauros começaram a desaparecer – durante a transição do período Cretáceo para o Paleoceno, há mais de 60 milhões de anos –, um grupo de insetos conhecido como Schizophora passou a florescer.

Micrografía realizada microscopía de barrido de la mosca común. Foto: FAPESP.
1.040 palavras
2 Imagens
Ciência  BRASIL 20/05/2016

Un estudio desvela la evolución de las moscas verdes

Cuando los dinosaurios empezaron a desaparecer un grupo de insectos conocido como 'Schizophora' comenzó a florecer

En la misma época en que los dinosaurios empezaron a desaparecer –durante la transición del período Cretácico al Paleoceno, hace más de 60 millones de años–, un grupo de insectos conocido como Schizophora comenzó a florecer.

Moscas. Foto: FAPESP.

 

1.173 palavras
2 Imagens
Ciência  BRASIL 19/05/2016

Cientistas descobrem recife oculto pela pluma do rio Amazonas

A 200 quilômetros da desembocadura do rio Amazonas, escondido sob a espessa pluma de sedimentos transportada pelo maior rio do mundo, há um enorme e riquíssimo recife

A 200 quilômetros da desembocadura do rio Amazonas, escondido sob a espessa pluma de sedimentos transportada pelo maior rio do mundo, há um enorme e riquíssimo recife. Enorme porque até o momento é sabido que se estende por, no mínimo, 900 km da costa, entre o Maranhão e a Guiana Francesa. E riquíssimo por estar repleto de espécies endêmicas, muitas das quais desconhecidas, como esponjas gigantes com até 2 metros de diâmetro e que pesam mais de 100 kg.

Corales recolectados por los investigadores: (A) Montastraea cavernosa, (B) Agaricia humilis, (C) Favia gravida, (D) Millepora sp., y (E) Madracis decactis.
1.009 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 19/05/2016

Científicos descubren un arrecife oculto bajo la pluma sedimentaria del río Amazonas

A 200 kilómetros de la desembocadura del río Amazonas, y escondido bajo la espesa pluma de sedimentos transportada por ése que es el mayor río del mundo, hay un enorme y riquísimo arrecife

A 200 kilómetros de la desembocadura del río Amazonas, y escondido bajo la espesa pluma de sedimentos transportada por ése que es el mayor río del mundo, hay un enorme y riquísimo arrecife. Enorme, porque hasta el momento se sabe que se extiende al menos por 900 km de costa, entre el estado brasileño de Maranhão y la Guayana Francesa. Y riquísimo, pues está repleto de especies endémicas, muchas de las cuales son desconocidas, tales como esponjas gigantes de hasta dos metros de diámetro y que pesan más de 100 kg.

Corales recolectados por los investigadores: (A) Montastraea cavernosa, (B) Agaricia humilis, (C) Favia gravida, (D) Millepora sp., y (E) Madracis decactis.
1.147 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 17/05/2016

Nanopartículas levam medicamento direto a células tumorais e poupam as saudáveis

Pesquisadores do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM) e da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) desenvolveram uma estratégia de ataque direto às células doentes

A quimioterapia, apesar de ser uma das principais vias de tratamento de diversos tipos de câncer, provoca fortes efeitos adversos por atacar não só as células tumorais, mas também as saudáveis. Para minimizar esse tipo de dano à saúde já debilitada do paciente, pesquisadores do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM) e da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) desenvolveram uma estratégia de ataque direto às células doentes, por meio de nanopartículas que levam o medicamento em altas concentrações até elas, evitando que as demais sejam atingidas.

Simulación con nanopartículas (FOTO: UN)
909 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 13/05/2016

Novel survival tactic discovered in butterflies

A new survival tactic has been discovered in butterflies, according to a paper published in the journal 'Neotropical Entomology'

A new survival tactic has been discovered in butterflies, according to a paper published in the journal Neotropical Entomology. The lead authors are Carlos Eduardo Guimarães Pinheiro, a researcher at the University of Brasília (UnB), and André Lucci Freitas, affiliated with the University of Campinas (UNICAMP) in São Paulo State, Brazil.

Mariposas estudiadas. Imagen: FAPESP.
863 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 12/05/2016

Borboletas mostram nova tática de sobrevivência

É o que mostra um estudo com resultados publicados na revista Neotropical Entomology e coordenado por André Lucci Freitas, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), e por Carlos Eduardo Guimarães Pinheiro, da Universidade de Brasília (UnB)

Uma nova tática de sobrevivência acaba de ser descoberta em borboletas. É o que mostra um estudo com resultados publicados na revista Neotropical Entomology e coordenado por André Lucci Freitas, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), e por Carlos Eduardo Guimarães Pinheiro, da Universidade de Brasília (UnB).

Mariposas estudiadas. Imagen: FAPESP.
884 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 12/05/2016

Nueva táctica de supervivencia de las mariposas

Resultados de un estudio publicado en la revista 'Neotropical Entomology'

Ha sido descubierta una nueva táctica de supervivencia de las mariposas. Esto es lo que muestra un estudio cuyos resultados salieron publicados en la revista Neotropical Entomology y que contó con la coordinación de André Lucci Freitas, de la Universidad de Campinas (Unicamp), y Carlos Eduardo Guimarães Pinheiro, de la Universidad de Brasilia (UnB), ambas instituciones de Brasil.

Mariposas estudiadas. Imagen: FAPESP.
1.016 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 11/05/2016

Estudo busca aperfeiçoar o diagnóstico por imagem da esquizofrenia

Novos estudos procuram investigar com maiores detalhes as principais regiões cerebrais envolvidas

Por meio de um software capaz de minerar dados fornecidos pelo exame de ressonância magnética funcional, o diagnóstico da esquizofrenia usando o mapeamento do cérebro já é possível no âmbito científico. Novos estudos procuram investigar com maiores detalhes as principais regiões cerebrais envolvidas e também detectar eventuais reorganizações da estrutura cortical em função do tratamento medicamentoso.

fMRI brain images./FAPESP.
882 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 11/05/2016

Study seeks to enhance diagnosis of schizophrenia through imaging

Researchers are working on a more detailed scrutiny of the main brain regions involved and are also attempting to detect possible reorganizations of cortical networks triggered by treatment with drugs

Schizophrenia can already be diagnosed in the scientific sphere by mapping the brain with functional magnetic resonance imaging (fMRI) and data mining software. Now, researchers are working on a more detailed scrutiny of the main brain regions involved and are also attempting to detect possible reorganizations of cortical networks triggered by treatment with drugs.

fMRI brain images./FAPESP.
845 palavras
1 Imagens
Ciência  SãO PAULO 10/05/2016
Jornalismo

A parcialidade da imparcialidade?

Jornalismo e ciências falham na sua isenção, quando não possuem a prerrogativa da independência

A prática de se relatar um fato, tal qual ele ocorreu, está relacionada à ideia de imparcialidade jornalística. Caso haja dois ou mais lados na mesma questão, devemos buscar fontes para embasar o maior número possível de interpretações. Assim, garantimos isonomia entre as partes envolvidas na descrição do evento e permitimos ao leitor ou espectador a construção de suas próprias conclusões. O princípio da imparcialidade está na base das teorias sobre o jornalismo. Mas pelo que se tem discutido e visto ultimamente na atual crise brasileira, ela é de fato praticada? Será que o viés dos noticiários tem interferido na qualidade da informação veiculada?

El fotógrafo, retratando un hermoso ejemplar.

 

1.447 palavras
1 Imagens