Ciência  BRASIL 16/02/2016

Proteína bacteriana que inibe a resposta inflamatória é identificada

Molécula é secretada pela espécie 'Coxiella burnetii' – causadora da febre Q – para driblar o sistema imune. Descoberta pode abrir caminho para novos tratamentos contra a sepse

Um grupo internacional de pesquisadores liderado por Dario Zamboni, da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP-USP), desvendou a estratégia usada por bactérias da espécie Coxiella burnetii para enganar o sistema imunológico e inibir o processo inflamatório desencadeado por células de defesa quando entram em contato com patógenos desse tipo.

Coxiella burnetii.
769 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 16/02/2016

Científicos identifican una proteína bacteriana que inhibe la respuesta inflamatoria

La molécula es secretada por la especie Coxiella burnetii –causante de la fiebre Q– para esquivar al sistema inmunológico. Este descubrimiento puede allanar el camino hacia nuevos tratamientos contra la sepsis

Un grupo internacional de investigadores encabezados por Dario Zamboni, de la Facultad de Medicina de Ribeirão Preto de la Universidad de São Paulo (FMRP-USP), en Brasil, develó la estrategia de la cual se valen bacterias de la especie Coxiella burnetii para engañar al sistema inmunológico e inhibir el proceso inflamatorio desencadenado por células de defensa cuando entran en contacto con patógenos de este tipo.

Coxiella burnetii.
852 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 09/02/2016

Vantagens e controvérsias do uso da energia nuclear no Brasil

Uma análise sobre o uso dessa tecnologia

 

Em 2025, a Marinha brasileira prevê o término da construção do primeiro submarino (SN-BR) com tecnologia nuclear brasileira. O projeto, contido no Programa de Desenvolvimento de Submarinos (Prosub), custará cerca de R$ 23 bilhões, e conta com a parceria da França para a construção do casco e treinamento de 31 engenheiros brasileiros.

Central nuclear José Cabrera. Foto: CNA.
1.250 palavras
2 Imagens
Ciência  BRASIL 05/02/2016

Qual é a contribuição do Estado para o aumento da desigualdade social?

Pesquisa indica que o Estado é responsável por uma grande parcela da desigualdade brasileira

 

Um estudo publicado nesta semana pela revista Brazilian Political Science Review indica que as próprias ações do Estado podem estar favorecendo a desigualdade de renda no Brasil. Segundo esse estudo, por um lado, as políticas públicas protegem os mais pobres, mas por outro, beneficiam mais os ricos.

Partido de fútbol, favelas de Sao Paulo, Brasil. Fotógrafo: Luana Fischer Ferreira.
675 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 04/02/2016

Study shows how herpes virus escapes from cell nucleus

Protein complex helps virus exit cell after reproducing so infection can progress. Results published in 'Cell' pave way to search for inhibitors

The mechanism used by the oral herpes simplex virus (HSV-1) to escape from the nucleus of its host cell after replicating has been described in two articles published by the journal Cell. The strategy consists of secreting two proteins, pUL31 and pUL34, which interact to form a vesicle. This protein complex wraps itself around the virus and transports it out of the nucleus, enabling it to infect another cell – and so the disease progresses.

Virus del herpes. Wikimedia Commons.
558 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 04/02/2016

Estudo mostra como vírus do herpes escapa do núcleo celular

Complexo proteico ajuda o vírus a fugir da célula após se reproduzir, permitindo que a infecção avance. Resultados publicados na 'Cell' abrem caminho para a busca de inibidores

O mecanismo usado pelo vírus do herpes (HSV-1) para escapar do núcleo da célula hospedeira após se replicar foi descrito em dois artigos publicados na revista 'Cell'. A estratégia consiste em secretar duas proteínas – a pUL31 e a pUL34 – que interagem formando uma vesícula. Esse complexo proteico recobre o vírus e o transporta para fora do núcleo, permitindo que ele infecte uma nova célula e a doença progrida.

Virus del herpes. Wikimedia Commons.
571 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 04/02/2016

Un estudio muestra cómo escapa el virus del herpes del núcleo celular

Un complejo proteico ayuda al virus a huir de la célula luego de reproducirse, permitiendo así que la infección avance. Resultados publicados en 'Cell' abren el camino hacia la búsqueda de inhibidores

El mecanismo que utiliza el virus del herpes (VHS-1) para escapar del núcleo de la célula huésped luego de replicarse aparece descrito en dos artículos publicados en la revista Cell.

Virus del herpes. Wikimedia Commons.
628 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 02/02/2016

Na internacionalização científica, o que diferencia as ciências humanas?

Os objetos dos estudos e diferenças no gênero das publicações são algumas das singularidades da área

Internacionalizar a ciência brasileira é uma preocupação de muitos pesquisadores e editores científicos. Principalmente, após o anúncio dos novos critérios para permanência e indexação de periódicos na coleção SciELO, feito em setembro de 2014. A SciELO é a principal base de indexação de periódicos do país e agrega duzentas e oitenta revistas brasileiras, além de periódicos de outros 10 países da América Latina e também de Portugal, Espanha e África do Sul.

772 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 01/02/2016

Nerdologia e a divulgação científica pelo YouTube

Um canal brasileiro vem fazendo sucesso e já conta com mais de um milhão de assinantes

 

Ainda é comum imaginar a figura solitária do “nerd”, com dificuldades em encontrar outras pessoas que compartilhem os mesmos interesses e curiosidades, como a paixão por histórias de ficção, tecnologia e conhecimento. Mas esse rótulo tem sido cada vez mais questionado, e até há uma certa popularização de elementos da “cultura nerd” ou “geek”.

Nerdologia 117. Exoplanetas/YouTube
696 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 27/01/2016

Un nuevo método podrá mejorar el diagnóstico del cáncer de tiroides

En una investigación se identificó un conjunto de genes que sirven como biomarcadores para la detección del carcinoma papilar tiroideo y para determinar qué pacientes se encuentran en riesgo de compromiso linfonodal

Investigadores del Instituto Nacional de Ciencia y Tecnología en Oncogenómica (INCITO), del A.C. Camargo Cancer Center, en Brasil, identificaron un conjunto de genes que sirven como biomarcadores para el diagnóstico de la forma con mayor prevalencia de cáncer de tiroides. Este descubrimiento hizo posible la creación de un método preciso, barato y rápido para la detección del carcinoma papilar tiroideo, para el cual se ha solicitado la patente.

Glándula tiroides.
980 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 27/01/2016

New method can improve diagnosis of thyroid cancer

Researchers have identified a group of genes that serve as biomarkers for papillary thyroid carcinoma and high risk of lymph node involvement

Researchers at A.C. Camargo Cancer Center’s National Institute of Science and Technology in Oncogenomics (INCITO) in Brazil have identified a group of genes that serve as biomarkers for diagnosing the most prevalent form of thyroid cancer. The discovery has made possible the creation of a quick, accurate and inexpensive method to identify papillary thyroid carcinoma. An application has been filed for a patent.

Glándula tiroides.
861 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 27/01/2016

Novo método poderá melhorar o diagnóstico do câncer de tireoide

Pesquisa do INCITO identificou um conjunto de genes que servem de biomarcadores para identificar o carcinoma papilífero de tireoide e determinar quais pacientes têm risco de comprometimento linfonodal

Pesquisadores do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Oncogenômica (INCITO), do A.C. Camargo Cancer Center, identificaram um conjunto de genes que servem de biomarcadores para o diagnóstico da forma mais prevalente de câncer tireoidiano. A descoberta possibilitou a criação de um método preciso, barato e rápido para identificar o carcinoma papilífero de tireoide, para o qual já foi solicitada a patente.

Glándula tiroides.
911 palavras
1 Imagens
Ciência  RIO GRANDE DO NORTE 19/01/2016

Crostas submarinas de minérios, um tesouro escondido a ser explorado pela ciência

Com apoio da FAPESP e do NERC, pesquisadores investigam depósitos de metais na Elevação do Rio Grande e em planícies abissais ao largo da Ilha da Madeira, no Atlântico Norte

A formação rochosa submarina conhecida como Elevação do Rio Grande, uma cordilheira de 3 mil km² no fundo do oceano Atlântico, a 1,5 mil quilômetros de distância da costa brasileira, guarda um verdadeiro tesouro em minerais e elementos químicos cada vez mais escassos na superfície terrestre – e que a ciência começa a desbravar.

Elevación de Rio Grande/ CPRM.
1.313 palavras
2 Imagens
1 Clips de áudio
Ciência  RIO GRANDE DO NORTE 19/01/2016

Deep-sea mineral crusts, a hidden treasure to be explored by science

Oceanographic research collaborations funded by FAPESP in partnership with UK research council begin to survey the South Atlantic's mineral potential

The Rio Grande Rise, a 3,000 sq. km. mountainous rock formation at the bottom of the Atlantic Ocean approximately 1,500 km off the coast of Rio Grande do Sul in Brazil, holds a veritable trove of minerals and chemical elements that are becoming increasingly scarce on land – and science is starting to explore this treasure.

Elevación de Rio Grande/ CPRM.
1.318 palavras
1 Imagens
Ciência  RIO GRANDE DO NORTE 19/01/2016

Las cortezas submarinas de minerales, un tesoro que la ciencia va a explorar

Investigaciones oceanográficas realizadas en colaboración y financiadas por la FAPESP y el Consejo de Investigación Ambiental del Reino Unido apuntan a escudriñar el potencial mineral del Atlántico Sur

La formación rocosa submarina conocida como Elevación de Rio Grande, una cordillera de 3 mil km² situada en el fondo del océano Atlántico, a 1.500 kilómetros de distancia de la costa brasileña, esconde un verdadero tesoro de minerales y elementos químicos cada vez más escasos sobre la superficie terrestre que la ciencia ha comenzado a explorar.

Elevación de Rio Grande/ CPRM.
1.460 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 13/01/2016

Estimulação cerebral profunda melhora recuperação após AVC

Em experimentos com animais, grupo da Cleveland Clinic mostrou que método estimula formação de novas sinapses e novos neurônios e melhora resultado da reabilitação motora

A terapia de estimulação cerebral profunda (DBS, na sigla em inglês) – já usada em humanos para tratar sintomas da doença de Parkinson – está sendo testada na recuperação de paralisia causada por acidente vascular cerebral (AVC).

Cerebro. FOTO: Argentina Investiga.
728 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 13/01/2016

Deep brain stimulation improves post-stroke recovery

In experiments with animals, a Cleveland Clinic research group shows that DBS assists formation of new synapses and neurons, bolstering motor rehabilitation

Deep brain stimulation (DBS), already used in humans to treat symptoms of Parkinson’s disease, is being tested to aid post-stroke recovery from paralysis.

Cerebro. FOTO: Argentina Investiga.
720 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 13/01/2016

La estimulación cerebral profunda mejora la recuperación después de un ACV

En experimentos con animales, un grupo de la Cleveland Clinic demostró que este método estimula la formación de nuevas sinapsis y nuevas neuronas, y mejora el resultado de la rehabilitación motora

La terapia de estimulación cerebral profunda (DBS, por sus siglas en inglés) –que se emplea en humanos para tratar síntomas de la enfermedad de Parkinson– se está poniendo a prueba en la recuperación de parálisis causadas por accidentes cerebrovasculares (ACV).

Cerebro. FOTO: Argentina Investiga.
806 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 05/01/2016

Estudo indica que Zika vírus está cada vez mais eficiente para infectar humanos

Desde o ano 2000, a espécie vem sofrendo alterações genéticas que ajudam o vírus a driblar o sistema imunológico e a se replicar em células humanas

Durante o caminho que percorreu do continente africano até a América – passando pela Ásia e cruzando o oceano Pacífico –, o Zika vírus (ZIKV) passou por um processo de adaptação ao organismo humano, adquirindo certas características genéticas que tornaram cada vez mais eficiente sua replicação nas células do novo hospedeiro.

Mosquitos del género Aedes. FOTO: Wikipedia
1.100 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 05/01/2016

Study shows Zika virus is becoming more effective at infecting humans

Since 2000 the virus has undergone genetic alterations that enable it to confuse the human immune system and replicate in human cells

On its way from Africa to the Americas via Asia and the Pacific, the Zika virus (ZIKV) has adapted to the human organism by acquiring certain genetic characteristics that have made its replication in the cells of its new host increasingly efficient.

Mosquitos del género Aedes. FOTO: Wikipedia
1.140 palavras
1 Imagens