Ciência  BRASIL 04/11/2015

La melatonina disminuye la metástasis en animales con cáncer de mama

Los resultados de esta investigación, que contó con el apoyo de la FAPESP, se publicaron en la revista 'Journal of Pineal Research'

Al tratar células metastásicas de cáncer de mama cultivadas in vitro con melatonina, investigadores de la Facultad de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp), en São Paulo, Brasil, observaron una disminución de alrededor del 55% en la capacidad de migración e invasión celular. Experimentos realizados con ratones mostraron que este tratamiento también es capaz de disminuir la progresión de la enfermedad in vivo.

Célula de cáncer de mama fotografiada con un microscopio electrónico de barrido.
1.019 palavras
2 Imagens
Ciência  BRASIL 27/10/2015

Nanoparticles could be a basis for more sensitive radiation detectors

Structures produced by researchers at University of São Paulo and Harvard show potential to enhance efficiency of systems that require highly sensitive detection of light or radiation

Images captured from an electron microscope apparently show a huge number of tiny stars each with a diameter of only a few micrometers (millionths of a meter). The structures, produced by Eder Guidelli and Oswaldo Baffa at the Ribeirão Preto campus of the University of São Paulo (USP) in Brazil, in partnership with David R. Clarke of Harvard University in the United States, have a core of gold and silver particles surrounded by a “shell” of zinc oxide (ZnO). Their properties have the potential to improve the efficiencies of various systems in which it is necessary to detect light or radiation with a high degree of sensitivity.

Nanopartículas. FOTO: FAPESP
759 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 27/10/2015

Nanopartículas podem ser base para detectores mais sensíveis de radiação

Estruturas produzidas por pesquisadores da USP e de Harvard têm potencial para melhorar a eficiência de sistemas nos quais seja necessário detectar luz ou radiação com alto grau de sensibilidade

As imagens feitas com microscópio eletrônico parecem revelar uma enorme quantidade de estrelas minúsculas, que medem apenas alguns micrômetros (milionésimos de metro). As estruturas, produzidas por Eder Guidelli e Oswaldo Baffa, da Universidade de São Paulo (USP) de Ribeirão Preto, em parceria com David R. Clarke, da Harvard University, possuem núcleos de partículas de ouro e de prata, cercados por uma “casca” de ZnO (óxido de zinco). E elas têm potencial para melhorar a eficiência de diversos sistemas nos quais seja necessário detectar luz ou radiação com alto grau de sensibilidade.

Nanopartículas. FOTO: FAPESP
805 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 27/10/2015

Nanopartículas pueden constituir la base de detectores de radiación más sensibles

Estructuras elaboradas por científicos de la Universidad de São Paulo y de Harvard tienen potencial para mejorar la eficiencia de sistemas donde haya que detectar luz o radiación con un alto nivel de sensibilidad

Imágenes tomadas con microscopios electrónicos parecen revelar una enorme cantidad de estrellas minúsculas que miden tan sólo algunos micrones (millonésimas partes del metro). Esas estructuras, producidas por Eder Guidelli y Oswaldo Baffa, de la Universidad de São Paulo (USP) de Ribeirão Preto, en Brasil, en colaboración con David R. Clarke, de la Harvard University, en Estados Unidos, poseen núcleos de partículas de oro y de plata rodeados por una “corteza” de ZnO (óxido de cinc). Y tienen potencial para mejorar la eficiencia de diversos sistemas en los cuales se haga necesario detectar luz o radiación con un alto grado de sensibilidad.

Nanopartículas. FOTO: FAPESP
860 palavras
1 Imagens
Ciência  SãO PAULO 23/10/2015

Projeto de comunicação deve promover aproximação entre público jovem e ciência

Experiência deve envolver diversas mídias e deve se valer de um financiamento coletivo para arrecadar recursos

 

Uma das grandes questões dos jornalistas a respeito do jornalismo científico é: como compreender e adaptar conteúdo muitas vezes tão complexo a uma linguagem acessível ao público leigo? Não há uma resposta fácil, mas escolas de jornalismo do mundo todo têm trabalhado nisso há décadas, sempre em busca de novas respostas que se encaixem às tecnologias da atualidade. O Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo da Unicamp, o Labjor, é pioneiro nesse trabalho no Brasil.

1.125 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 21/10/2015

Study of exotic stars helps understand formation of solar system

Massive stars usually end catastrophically, exploding as supernovae, ejecting vast amounts of matter into outer space, and eventually collapsing as black holes

Be stars are such strange objects that even professional astrophysicists are surprised by their description. Nevertheless, these stars are common in our galaxy, and there are several very near the solar system, at distances in the range of 100 light years, which is approximately nothing on the astronomical scale.

En la imagen se observa a la estrella desde un ángulo de 20 grados al sur de su plano ecuatorial (imagen: Daniel Moser Faes)
1.347 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 21/10/2015

Estudo de estrelas de formato exótico ajuda a entender a formação do Sistema Solar

Estrelas massivas como as Be evoluem, regra geral, para eventos catastróficos, explodindo como supernovas, ejetando formidável quantidade de matéria para o espaço exterior, e colapsando finalmente como buracos negros

As estrelas do tipo Be são objetos tão estranhos que até astrofísicos profissionais se surpreendem com sua descrição. No entanto, essas estrelas são muitos comuns em nossa galáxia, e há várias delas bem próximas do Sistema Solar, a distâncias da ordem de 100 anos-luz – o que, em escalas astronômicas, é quase nada.

En la imagen se observa a la estrella desde un ángulo de 20 grados al sur de su plano ecuatorial (imagen: Daniel Moser Faes)
1.453 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 20/10/2015

Estrellas de formato exótico ayudan a entender la formación del Sistema Solar

Estrellas masivas como las llamadas Be evolucionan –como regla general– hacia eventos catastróficos, y explotan como supernovas, eyectando una formidable cantidad de materia hacia el espacio exterior y colapsando finalmente como agujeros negros

Las estrellas del tipo Be son objetos tan extraños que hasta los astrofísicos profesionales se sorprenden con su descripción. Así y todo, son muy comunes en nuestra galaxia, y varias de ellas se ubican muy cerca del Sistema Solar, a distancias del orden de los 100 años luz, lo cual en escalas astronómicas significa casi nada.

En la imagen se observa a la estrella desde un ángulo de 20 grados al sur de su plano ecuatorial (imagen: Daniel Moser Faes)
1.581 palavras
1 Imagens
Ciência  SãO PAULO 13/10/2015

Research identifies drug capable of preventing complications from hemolysis

The research was conducted with support from FAPESP during Camila Bononi de Almeida’s postdoctoral work

Patients with sickle cell anemia frequently suffer from hemolysis, the destruction of red blood cells leading to the release of hemoglobin into the blood stream.

 El grado de inflamación en los ratones se midió mediante el empleo del IVIS (In vivo imaging system) (imagen: FAPESP)
867 palavras
1 Imagens
Ciência  SãO PAULO 13/10/2015

Estudo identifica droga capaz de prevenir complicações da hemólise

A pesquisa foi conduzida com apoio da FAPESP durante o pós-doutorado de Camila Bononi de Almeida

Em pacientes com anemia falciforme, é comum a ocorrência de um fenômeno conhecido como hemólise – caracterizado pela destruição das células vermelhas do sangue, as hemácias, e a consequente liberação da proteína hemoglobina existente em seu interior na circulação.

 El grado de inflamación en los ratones se midió mediante el empleo del IVIS (In vivo imaging system) (imagen: FAPESP)
915 palavras
1 Imagens
Ciência  SãO PAULO 13/10/2015

Identifican un fármaco capaz de prevenir las complicaciones de la hemólisis

La investigación se llevó a cabo con el apoyo de la FAPESP durante el posdoctorado de Camila Bononi de Almeida

En pacientes con anemia falciforme, es común que ocurra un fenómeno conocido como hemólisis, caracterizado por la destrucción de los glóbulos rojos de la sangre o hematíes, y la consiguiente liberación en el torrente sanguíneo de la proteína hemoglobina existente en su interior.

 El grado de inflamación en los ratones se midió mediante el empleo del IVIS (In vivo imaging system) (imagen: FAPESP)
1.005 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 05/10/2015

Obtienen un nuevo tipo de hormigón que incorpora residuos de cultivo de caña de azúcar

Investigadores de la Universitat Politècnica de València y la Universidad Estadual Paulista han obtenido, a escala de laboratorio, hormigón con un 30% menos de cemento portland

Investigadores de la Universitat Politècnica de València UPV y la Universidad Estadual Paulista UNESP (São Paulo, Brasil) han obtenido, a escala de laboratorio, un nuevo tipo de hormigón más barato y menos contaminante. La clave reside en la incorporación de cenizas de los residuos del cultivo de la caña de azúcar, como elemento sustitutivo del cemento portland. Los resultados de este trabajo han sido publicados en la revista Construction and Building Materials y forman parte de la tesis de master del alumno brasileño João Cláudio Bassan de Moraes, que fue dirigida por el profesor Mauro Tashima, doctor por la UPV y actualmente profesor de la UNESP.

Campos de caña de azúcar. FOTO: UPV.
502 palavras
3 Imagens
Ciência  BRASIL 02/10/2015

Grupo investiga genes que dão às células tumorais características de células-tronco

Experimentos in vitro foram feitos com linhagens de meduloblastoma, o tipo de câncer cerebral mais comum em crianças

Pesquisadores do Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo (IB-USP) estão estudando um grupo de genes humanos que, quando expressos em tumores malignos, conferem às células tumorais propriedades semelhantes às de células-tronco, tornando-as mais agressivas e resistentes ao tratamento.

Linajes de meduloblastoma, el tipo de cáncer cerebral más común en niños (imagen: Wikimedia Commons)
1.121 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 02/10/2015

Researchers investigate genes that endow tumor cells with stem cell-like properties

In vitro experiments were performed on cell lines derived from medulloblastoma tumors, the most common type of brain cancer in children

Researchers at the University of São Paulo’s Bioscience Institute (IB-USP) in Brazil are studying a group of human genes that, when expressed in malignant tumors, endow tumor cells with properties similar to those of stem cells, making them more aggressive and resistant to treatment.

Linajes de meduloblastoma, el tipo de cáncer cerebral más común en niños (imagen: Wikimedia Commons)
1.088 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 02/10/2015

Genes dotan a las células tumorales de ciertas características de las células madre

Los experimentos in vitro se realizaron con linajes de meduloblastoma, el tipo de cáncer cerebral más común en niños

Investigadores del Instituto de Biociencias de la Universidad de São Paulo (IB-USP), en Brasil, están estudiando un grupo de genes humanos que, cuando se expresan en tumores malignos, dotan a las células tumorales de propiedades similares a las de las células madre, con lo cual se vuelven más agresivas y resistentes al tratamiento.

Linajes de meduloblastoma, el tipo de cáncer cerebral más común en niños (imagen: Wikimedia Commons)
1.314 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 14/09/2015

Brasileiros têm visão positiva sobre ciência e tecnologia e são favoráveis a mais investimentos

Sessenta e um por cento dos entrevistados se declararam interessados ou muito interessados em Ciência e Tecnologia.

 

O Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação apresentou no segundo dia da Reunião Anual da SBPC, que foi realizada em São Carlos, os resultados da quarta pesquisa sobre Percepção Pública da Ciência e Tecnologia. Ao todo foram quase dois mil entrevistados, de todas as regiões do país.

Investigación científica. FOTO: USM.
314 palavras
1 Imagens
Cultura  BRASIL 11/09/2015

A arte que trafega em dados

Artistas criam visualizações estéticas para provocar reflexões sobre vigilância de dados e outros consensos na tecnologia

 

Junto com o crescimento exponencial do big data, proliferam na rede diferentes formas artísticas que se alimentam, justamente, do tráfego desses metadados. “Trata-se de uma prática não apenas diversificada como muito disseminada entre artistas, designers e agências de comunicação no mundo todo, que produzem dispositivos sensoriais – desde uma simples imagem a materiais audiovisuais, instalações interativas etc. – a partir do propósito de criar visualizações estéticas e até mesmo provocar reflexões sobre vigilância de dados e outros consensos na tecnologia”, aponta Daniel Hora, que defendeu em abril a tese de doutorado Teoria da arte hacker: estética, diferença e transgressão tecnológica, na Universidade de Brasília (UNB).

Análisis de datos biológicos. FOTO: ULE.
866 palavras
2 Imagens
Ciência  BRASIL 09/09/2015

Demora na aprovação de patentes é obstáculo para a inovação no Brasil

O governo brasileiro demora em média 11 anos para aprovar uma patente

 

Em uma audiência pública, realizada na Câmara dos Deputados no dia 9 de junho, representantes de entidades ligadas à propriedade intelectual disseram que a burocracia na concessão de patentes é um obstáculo para a inovação tecnológica e atrapalha o desenvolvimento do mercado brasileiro.

Lider en patentes
890 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 04/09/2015

SBPC discute a importância da bioética no cenário da ciência

Quanto mais a ciência se desenvolve, mais desafios éticos surgem

 

Segundo William Saad Hossne, coordenador do programa de pós-graduação em Bioética, do Centro Universitário São Camilo, de São Paulo, a cada 10 anos dobra o número de cientistas que trazem novos conhecimentos, e estes podem comprometer nossos valores éticos. Assim, para evitar abusos em nome da ciência, surgiu a bioética, tema de uma das conferências realizadas na 67ª Reunião Anual da SBPC.

Investigación científica. FOTO: USM.
333 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 03/09/2015

Poluição luminosa é prejudicial à saúde, alerta especialista

A exposição em longo prazo, pode levar a distúrbios do sono, obesidade, estresse e depressão.

 

A poluição luminosa gera desperdício de energia e de dinheiro, polui a atmosfera, prejudica a saúde e acelera o aquecimento global, pois as luzes inadequadas liberam CO2. O alerta veio do físico e astrônomo Gustavo Rojas durante a conferência “Poluição luminosa – Como perdemos a escuridão” realizada durante a Reunião Anual da SBPC.

La Tierra de noche, imagen satélite que recoge la plataforma RS-Educa.
326 palavras
1 Imagens