Educação  SãO PAULO 01/12/2010
Uso do computador

Acesso à internet por crianças ainda é pequeno no Brasil

Relatório indica renda familiar como determinante do uso de tecnologias de informação e comunicação nos domicílios

O uso do computador, desconectado, por crianças de 5 a 9 anos de idade, supera em muito o uso em conexão com a rede mundial de computadores, conforme constata a pesquisa TIC Crianças - 2009, realizada pelo Centro de Estudos sobre as Tecnologias de Informação e da Comunicação (CETIC). O objetivo foi conhecer a posse e o uso das TICs entre crianças desta faixa etária no território nacional. Somente 15% dos domicílios selecionados na amostragem possuem internet, mas 57% das crianças ouvidas na pesquisa afirmaram já ter feito uso do computador, porém com apenas 28% declarando já ter tido acesso à internet.

Una facilitadora de El Naranjal muestra a una niña cómo operar la computadora en la sala digital inaugurada aquí por el Indotel.
467 palavras
1 Imagens
Educação  SãO PAULO 08/11/2010
Simpósio

Impacto de políticas de ciência, tecnologia e inovação é tema de evento

Diante da maior profusão de políticas e programas, a avaliação tornou-se tema relevante no cenário internacional e no Brasil

Especialistas e interessados no tema de avaliação de impacto de programas e atividades de Ciência, Tecnologia e Inovação (C,T&I) e de programas sociais estarão reunidos nos dias 18 e 19 de novembro, no Simpósio Internacional Fronteiras da Avaliação, em Campinas. O evento tem como objetivo discutir os desafios metodológicos e analíticos da área, além de apresentar experiências nacionais e internacionais recentes, visando à ampliação e difusão do conhecimento nesta temática. 

461 palavras
Cultura  SãO PAULO 08/11/2010
Arquitetura e patrimônio

Vivências efêmeras, lugares sem peso: a estetização nas cidades contemporâneas

As cidades, que se apresentavam ao redor do mundo em suas mais diferentes configurações, passam, nesse início de milênio, cada vez mais a se parecer

É hoje bastante comum se apontar que a urbanização contemporânea se caracteriza por uma crescente homogeneização da paisagem urbana, alimentada em parte pelo fato de, num mundo crescentemente globalizado, as cidades estarem passando a abrigar economias de serviços avançados. As cidades, que se apresentavam ao redor do mundo em suas mais diferentes configurações – formas-receptáculos de geografias e histórias distintas e irredutíveis, – passam, nesse início de milênio, cada vez mais a se parecer, apresentando traços comuns, detectáveis não só na presença das mesmas logomarcas e empresas transnacionais, mas também das mesmas tipologias construtivas – as torres da arquitetura corporativa, as estruturas aeroportuárias, os hotéis hollyday-inns, os complexos multiplex – e manifestando-se até na própria morfologia urbana – a urbanização difusa e os enclaves fortificados do new urbanism, que se espalham por todo o planeta. Cabe, no entanto, chamar igualmente a atenção para outro fenômeno correlato a essa homogeneização: nessas cidades modificadas do pós-fordismo, a estética – que por muito tempo parecera relegada frente à funcionalidade – passa a ocupar um papel proeminente, articulando um discurso visual poderoso e global. De fato, um “boom estetizante” parece perpassar hoje os diversos níveis da vida cotidiana, do styling individual e dos produtos de design à transformação massiva dos espaços públicos, com amplo rebatimento nas cidades.

 

3.429 palavras
Cultura  SãO PAULO 05/11/2010
Preservação

Patrimônio histórico: uma questão de cidadania

Significados vão além do valor material e estético, conservando elementos da história do lugar e de sua população

“Uma página apagada de nossa história”. É assim que Maria Beatriz Kother, da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), define a importância da preservação do patrimônio histórico. “Perdemos muito cada vez que nosso patrimônio é demolido, descaracterizado ou mutilado. É como se apagassem uma página de nossa história. São danos irreversíveis”, afirma. Mesmo reconhecendo a importância do patrimônio histórico, as autoridades responsáveis pela questão no Brasil não conseguem responder adequadamente, preservando, mantendo ou recuperando os prédios, monumentos ou antigos conjuntos industriais. Ações da sociedade civil têm conseguido ao menos alertar sobre o significado do patrimônio histórico que, além de um valor material e estético, conserva em si elementos da história do lugar e de sua população.

Un visitante observa uno de los mapas de la muestra de cartografía de Brasil

 

2.155 palavras
1 Imagens
Ciência  SãO PAULO 03/11/2010
Economia

Governo brasleiro fez mudanças graduais e incrementais na economia

Segundo socióloga, medida seria uma “sábia conciliação” da agenda liberal do governo anterior
Criticado por adversários por não ter feito mudanças drásticas na economia e incensado por apoiadores pelas conquistas sociais, o governo atual vem sendo um dos assuntos mais populares nos debates da 34a reunião da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais (Anpocs). Na última terça, o tema foi “Processos decisórios, participação e representação política”, em fórum intitulado “Instituições políticas sob o governo Lula”. Nessa aparente contradição do governo estaria um dos segredos para sua alta popularidade, segundo a socióloga Maria Rita Loureiro, da FGV. “O governo Lula não se notabilizou por mudanças drásticas, foram medidas graduais, pontuais, de caráter incremental”, afirma. Teria havido uma “sábia conciliação” da agenda liberal do governo anterior – que persiste por quase dezesseis anos – com uma orientação desenvolvimentista.

550 palavras
1 Imagens
Ciência  SãO PAULO 03/11/2010

A Feira Empírika e o Bem-estar Cultural

Coordenador do Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo (Labjor/Unicamp) e Secretário de Ensino Superior do Estado de São Paulo

Carlos Vogt, poeta e lingüista, ex-reitor da Universidade Estadual de Campinas – Unicamp (1990-1994), ex-presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa no Estado de São Paulo – FAPESP (2002-2007), é coordenador do Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo (Labjor/Unicamp) e Secretário de Ensino Superior do Estado de São Paulo.

Carlos Vogt.
536 palavras
1 Imagens
Ciência  SãO PAULO 03/11/2010

La Feria Empírika y el Bienestar cultural

Carlos Vogt, Secretario de Enseñanza Superior del Estado de São Paulo, y organizador de Empírika 2012 en Brasil

Artículo de Carlos Vogt, poeta y lingüista, ex-rector de la Universidad Estadual de Campinas – Unicamp (1990-1994), ex-presidente de la Fundación de Amparo a la Investigación del Estado de São Paulo – FAPESP (2002-2007), es coordinador del Laboratorio de Estudios Avanzados en Periodismo (Labjor/Unicamp) y Secretario de Enseñanza Superior del Estado de São Paulo. Este artículo es una traducción al español del que ha publicado con motivo de la celebración de la Feria Empírika 2010 en Tribuna de la Ciencia. Carlos Vogt recogerá el testigo de esta feria, de manera que organizará su celebración en 2012 en Brasil.

Carlos Vogt.
564 palavras
1 Imagens
Ciência  SãO PAULO 02/11/2010
Ciências Sociais

Antropólogo sugere universalização de sistemas de renda mínima

Para ele distribuir os recursos seria uma questão de justiça tão válida em países ricos como pobres

Com trabalhos realizados no Lesoto, Zâmbia e África do Sul, entre outros, o antropólogo norte-americano James Ferguson, da Universidade de Stanford, defendeu uma maior atenção da antropologia ao tema da distribuição, em conferência realizada na última quinta-feira (28/10) na 34a reunião da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais (Anpocs). Em sua fala, ele afirmou os programas de distribuição de renda e de renda mínima como promotores do desenvolvimento em regiões pobres e como meio de reconhecimento da cidadania.

Indígenas mexicanos

597 palavras
1 Imagens
Cultura  SãO PAULO 25/10/2010
Cultura digital

Redes sociais de música: segmentação, apropriações e práticas de consumo

Crescimento e popularização dos sites promove segmentação em nichos de “gosto” e estilos de vida

Os estudos sobre as relações de circulação e consumo midiático no contexto dos estilos de vida na sociedade contemporânea têm apontado os efeitos desse amplo universo de bens simbólicos e cultura material disponíveis atualmente. O processo de estetização da vida cotidiana, em curso desde pelo menos o século XVII e tornado mais visível pelos meios de comunicação de massa no século XX, continua a configurar padrões de identidade através de perfis de consumo, seja no contexto amplo dos lazeres e da produção massiva de objetos, vestuários e bens simbólicos, seja em âmbito mais específico dos grupos e subgrupos a eles interligados. No âmbito da cultura digital, uma faceta notadamente marcada desses fenômenos acontece através das práticas de construção de perfis online em redes de relacionamento.

.

Portal de la red social sobre música SoundCloud.
1.730 palavras
1 Imagens
Cultura  SãO PAULO 25/10/2010
Saúde

A internet na história dos movimentos anti-vacinação

Opiniões sobre riscos foram ampliadas pelos recursos das tecnologias da informação e comunicação

Muitos estudiosos admitem um parentesco histórico entre a revolta da vacina – um dos maiores e mais violentos levantes populares de nossa história – com a revolta contra o “bota abaixo”, ambos considerados como produto de maquinações políticas golpistas das elites brasileiras, mediado pelo discurso contra os atos de força do Estado. O movimento anti-vacinação unia um amplo espectro político: do apostolado positivista, aos republicanos e monarquistas mais radicais, assim como a população desalojada de suas habitações e perfurada pelos imunizadores do governo. A favor do direito à privacidade e ao livre arbítrio (e em “nome do recato das moças honestas”, que deveriam expor seus braços a vacinadores com intenções talvez libidinosas) muitos célebres oradores atraiam as atenções públicas.

 

Vacunación de un cerdo en Perú.
2.305 palavras
3 Imagens
Ciência  BRASIL 25/10/2010
Antropologia

34a reunião da Anpocs fará balanço dos últimos anos do governo brasileiro

O evento é a maior reunião de pesquisadores em ciências sociais do Brasil, reunindo em média 1,5 mil participantes

A pouco menos de uma semana da realização do segundo turno das eleições presidenciais a Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciência Sociais (Anpocs) fará, em sua reunião anual, um balanço da Era Lula. O evento, realizado tradicionalmente na cidade de Caxambu (MG), é a maior reunião de pesquisadores em ciências sociais do Brasil, reunindo em média 1,5 mil participantes, em três sessões especiais, 18 mesas-redondas, 37 seminários temáticos com apresentação de 629 trabalhos, três cursos, seis fóruns, cinco simpósios, três conversas com o autor, exposições de fotos e seis sessões de vídeo.
 

Lula da Silva (izquierda), en el desayuno de trabajo de la Fundación Cultural Hispano Brasileña (Foto: Junta de Castilla y León)
599 palavras
1 Imagens
Educação  SãO PAULO 22/10/2010
Identidade

Certificado digital no RIC diminuirá risco de fraudes eletrônicas

Novo documento reunirá, num só cartão, informações como RG, CPF e título de eleitor

Como garantir que as transações realizadas no meio virtual sejam seguras? A certificação digital é um recurso que pode garantir a autenticidade dos indivíduos na internet e é a grande novidade do sistema de identificação brasileiro. O Comitê Gestor do Registro Único de Identidade Civil, comumente chamado de RIC, definiu as especificidades técnicas do cartão na semana passada. A inclusão do certificado digital no documento está garantida.

Gráfico del nuevo DNI electrónico

 

701 palavras
1 Imagens
Cultura  SãO PAULO 14/10/2010
População brasileira

Migrantes mudam de perfil e têm mais anos de estudo

A análise foi realizada tendo como base documentos e dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)

A ideia comum de que o migrante é aquele sujeito sem estudo e que se muda necessariamente para os lugares mais ricos está sendo confrontada. Uma pesquisa constatou que os migrantes têm mais anos de estudo que os não migrantes e que aquele que se muda dá preferência a regiões mais próximas às de sua origem em detrimento de outros centros mais desenvolvidos. As conclusões são do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), que aponta que 18,1% dos migrantes têm mais do que 12 anos de estudo, enquanto apenas 13,8% dos não migrantes estudaram tanto. De acordo com o Instituto, pode ser constatada uma mudança de perfil dos migrantes brasileiros: “Interessante observar que a alta escolaridade do migrante (considerada como 12 ou mais anos de estudo) aumenta nos anos analisados. É verdade que o mesmo acontece entre os não migrantes, mas o ritmo é menor. Não há razão para não se levantar a hipótese de que a escolarização aumenta a probabilidade de migração”, diz o comunicado emitido pelo órgão de pesquisa.

Inmigrante preparando comida. (Foto: MEC)
637 palavras
1 Imagens
Educação  SãO PAULO 13/10/2010
Web 2.0

Como o Wikileaks vem transformando jornalistas em decifradores de código

Objetivo é criar um banco de dados de informações sensíveis aberto às massas

Na virada de julho para agosto de 2010, o jornalista e programador australiano Julian Assange publicou na internet um arquivo de 1.4 gigabytes chamado “insurance.aes256”. Sobre o documento, criptografado, especula-se muita coisa. Para alguns seriam as últimas informações sobre hipotéticos erros e crimes de guerra do exército estadunidense no Iraque. Para outros, é nada mais que um blefe.

 

 

 

2.962 palavras
Ciência  SãO PAULO 11/10/2010
Tecnologia

Biometria associada à urna não resolve problemas, dizem especialistas

A dificuldade em recontar votos de forma independente é um dos motivos para rejeição

Nas eleições realizadas do dia 3 de outubro no Brasil todo, 61 municípios utilizaram o recurso da biometria nas urnas. Isso significa que o eleitor foi identificado eletronicamente por meio de sua impressão digital. A campanha publicitária na televisão apresentava a ferramenta sob o slogan “O poder cada vez mais na mão do eleitor”, mas especialistas indicam que o uso da biometria pode não garantir tanta segurança como o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sugere.

Urna electrónica del Estado de Coahuila de Zaragoza (México).
526 palavras
1 Imagens
Ciência  SãO PAULO 06/10/2010
Risco tecnológico

Nanotecnologias e qualidade de vida

Pesquisas de percepção pública apontam necessidade de debates sobre tecnologia entre a população

Os desenvolvimentos advindos da ciência e da tecnologia são indissociáveis do que tanto pode ser percebido como melhorias e/ou ameaças à qualidade de vida. As controvérsias em torno de inovações científico-tecnológicas têm passado a ser mais intensas nas últimas décadas, devido ao reconhecimento em algumas delas de níveis de incerteza sobre suas consequências. Um exemplo de inovação contemporânea que está gerando incipientes controvérsias é o das nanotecnologias.

Marcapasos desarrollado en Colombia con nanotecnología.
1.266 palavras
1 Imagens
Cultura  SãO PAULO 06/10/2010
História da ciência

A relação íntima entre física, cultura e estilo de vida

Teoria quântica fornece os instrumentos teóricos necessários para projetar lasers, sem os quais seria impossível a comunicação pela internet

A mecânica quântica, aparentemente assunto hermético para a maior parte das pessoas, teve consequências dramáticas no seu modo de vida. Dela saíram os transístores e os circuitos integrados, base dos computadores atuais e de inúmeros aparelhos eletrônicos, de celulares a TVs. A teoria quântica fornece os instrumentos teóricos necessários para projetar lasers, sem os quais seria impossível a comunicação pela internet (devido ao enorme fluxo de informações) e que são a base dos CDs, DVDs e blu-rays. Mesmo antes da popularização da internet, em 1993, o físico Leo Lederman avaliava, no seu livro The god particle, que cerca de 25% do produto interno bruto dos Estados Unidos estava ligado a tecnologias que dependiam diretamente de fenômenos descritos por essa teoria.

Una representación de campos y partículas, cuánticos y clásicos.
3.476 palavras
1 Imagens
1 Clips de áudio
Cultura  SãO PAULO 05/10/2010
História

Um passeio pelas principais correntes da filosofia da ciência

Disciplina pode ser referida como um conjunto de reflexões acerca do conhecimento científico

 

Um dos campos da filosofia que teve um grande desenvolvimento no século XX foi o da filosofia da ciência. Concebida como uma ferramenta conceitual destinada a refletir acerca de vários aspectos da ciência, a filosofia da ciência é atualmente compreendida como uma disciplina integrante dos grandes debates em torno dos temas do conhecimento científico.

Unos niños observan a través del microscopio.

2.403 palavras
1 Imagens
Educação  SãO PAULO 04/10/2010
Educação

Plataformas sociais auxiliam a construção do conhecimento?

Novas tecnologias devem estar cada vez mais presentes nas escolas, fazendo parte efetiva do ensino e das práticas pedagógicas

Embora seja ainda um pouco renegado, alvo de iniciativas pontuais e isoladas, pesquisas recentes vêm mostrando como o uso de plataformas alternativas na educação, como redes sociais e blogs, pode servir como uma estratégia bastante interessante do ponto de vista pedagógico. Que as redes sociais como Orkut, Facebook e Twitter, entre outras, estão em alta, todo mundo sabe, mas o que ainda está por ser revelado é que, na contramão do que se poderia esperar, ainda existem muitos preconceitos em torno dessas ferramentas, que poderiam ser melhor aproveitadas na medida em que promovem grande interação entre seus usuários e democratizam suas formas de acesso, ampliando redes de informação e refinando conteúdos.

Red social Erasmoos.
2.251 palavras
1 Imagens
Ciência  SãO PAULO 04/10/2010
Cosmologia

Buracos negros supermassivos podem derivar de primordiais

Pesquisadores brasileiros apontam evidência de que acréscimo de massa ao longo da vida de um primordial pode revelar evolução de um buraco negro ao longo do tempo

A origem dos buracos negros supermassivos é questão em aberto. Grosso modo, eles são de três tipos: os originados de colapsos estelares; os primordiais - cuja origem remete-se à formação do Universo -; e os supermassivos, que distinguem-se por apresentar massa maior do que um milhão de vezes a massa do Sol (1.9891 * 10^30 kg). Pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), contudo, apontam em estudo a hipótese de que os supermassivos podem se originar de buracos primordiais, pelo acúmulo de massa. O trabalho, assinado por Manuela Gibim Rodrigues e Alberto Saa (orientador) foi publicado na Physical Review D (80, 104018), sendo intitulado “Acreção de Matéria Exótica por Buracos Negros”.

Agujero negro. Foto: NASA
708 palavras
1 Imagens