Ciência  SãO PAULO 30/11/2011
Entrevista

Menos estados e territórios e mais soluções para desigualdades regionais

Geógrafo André Martin, da Universidade de São Paulo, critica proposta de criação de novas unidades federativas no Brasil

Contrário às propostas de criação de novos estados, o geógrafo André Martin, da Universidade de São Paulo, comenta sua visão sobre um novo mapa político para o Brasil, com estados mais fortes e com maior representatividade no Congresso. Nas discussões sobre a criação de novas unidades federativas, que poderá deixar o Brasil com mais sete estados e quatro territórios, o geógrafo se destaca, não só por suas críticas aos interesses envolvidos em tais propostas, como pela defesa – na contramão de todos os projetos até hoje apresentados ao Congresso – da fusão dos estados, reduzindo para 14 seu número. Para o pesquisador é preciso dar aos estados maior representatividade e reduzir o desequilíbrio entre eles. Martin concluiu doutorado em Geografia Humana na Universidade de São Paulo (USP), onde hoje é livre-docente, defendendo a tese “As fronteiras internas e a questão regional do Brasil”, em que propôs um novo mapa político para o país. Desde então, desafia cientistas políticos e economistas a encontrar uma solução para as desigualdades regionais e para a disparidade de representação política dos estados sem promover mudanças no território.

andre_martins

 

1.855 palavras
1 Imagens
Ciência  SãO PAULO 29/11/2011
Geografia do Brasil

Redesenhando as fronteiras do Pará

Propostas de desmembramento do estado do Pará para a criação de Carajás e Tapajós, geram polêmica

As propostas de desmembramento do estado do Pará para a criação de Carajás e Tapajós, que tramitam no Congresso Nacional, têm gerado muita polêmica quanto à viabilidade das novas unidades federativas. Até o final deste ano, a população paraense terá que decidir em plebiscito se o suposto desenvolvimento dos municípios que constituirão os novos estados compensará os custos envolvidos com a implantação das novas estruturas administrativas. Caso sejam aprovadas as propostas, todos os brasileiros terão que se acostumar com o novo mapa político do Brasil, que se mantinha inalterado há pouco mais de vinte anos, desde a criação do estado do Tocantins.

 

 

2.066 palavras
Ciência  SãO PAULO 28/11/2011
Geografia

Os conflitos pela terra no Brasil

O tema da divisão da terra evoca uma questão recorrente no Brasil: os conflitos fundiários que, no decorrer da história do país, adquiriram diferentes contornos

O tema da divisão da terra evoca uma questão recorrente no Brasil: os conflitos fundiários que, no decorrer da história do país, adquiriram diferentes contornos. De acordo com a doutora em história pela Universidade Federal Fluminense (UFF), Marina Machado, muitas vezes esses conflitos aconteceram por envolverem divisões territoriais administrativas, construção de limites e de fronteiras. Para ela, é fundamental, também, considerar que tal discussão é atravessada pela questão das disputas entre terras latifundiárias. A expansão - ou não – de uma fronteira explora diferentes aspectos e interesses, de diferentes grupos envolvidos em um mesmo processo (fazendeiros, moradores, grupos indígenas, agentes do governo, representantes da igreja etc.), lembra a historiadora.

 
1.316 palavras
Ciência  SãO PAULO 24/11/2011

O modo como se pensa a divisão da terra

Questão fundiária é resultado dos diversos focos, interesses e articulações em relação à exploração do lugar

No decorrer de nossa história, a questão fundiária no Brasil recebeu diferentes formas de atenção. Os diversos focos, os interesses e as articulações, ou a forma de exploração da terra, são elementos que acabam por formar modos de pensamento sobre a divisão da terra. O Brasil é o único país com extensão continental, em todo o mundo, com estrutura fundiária semelhante à de sua fundação. A primeira legislação fundiária brasileira tem origem no regime sesmarial na época colonial, mas traz consequências para o país até hoje. A lei de sesmaria foi criada em uma situação muito específica para Portugal, e quando implantada no Brasil, que tinha características completamente diferentes, criou um problema.

827 palavras
1 Imagens
Ciência  SãO PAULO 14/11/2011
Física

A torção inesperada na escala nanométrica

Pesquisador demonstra alteração das propriedades mecânicas de um nanofio individual de fosfeto de índio (InP), um semicondutor nanométrico

 

A compreensão de como materiais se comportam é crucial para os avanços científicos alcançados no último século, os quais nos permitem um controle antes impensável sobre esses materiais. Na vida cotidiana, vemos o efeito desses desenvolvimentos como, por exemplo, o controle de propriedades de finas camadas metálicas, que permitiu a construção de discos rígidos suficientemente pequenos para a geração de celulares modernos. A compreensão dos fenômenos que promovem esse e outros avanços nos mostraram que o comportamento da matéria em escalas nanométricas é fundamentalmente diferente daquele que conhecemos. Recentemente, foi demonstrada a alteração das propriedades mecânicas de um nanofio individual de fosfeto de índio (InP), um semicondutor nanométrico. O trabalho foi realizado em colaboração entre o então aluno de doutorado, Luiz Tizei - orientando de Daniel Ugarte, do Instituto de Física da Unicamp - , o Laboratoire de Physique des Solides, em Paris, e o Laboratório Nacional de Nanotecnologia, em Campinas. O estudo foi publicado no último dia 4 na Physical Review Letters (107,195503-1), intitulado “Maior torção de Eshelby em nanofios de de wurtzita InP e medição local da torção do cristal”.

Nanoestructuras en forma de triángulo.
600 palavras
1 Imagens
Educação  SãO PAULO 10/11/2011
Educação

Estimativa de impacto financeiro entre 2011 e 2020

Com base em dados obtidos junto a fontes oficiais, pesquisador analisa plano nacional de educação tendo como pressuposto a ampliação no atendimento, entre outros objetivos

Como ensina a ciência do bom planejamento, a única forma de tornar factível um plano educacional (ou em qualquer outra área) é partir de um diagnóstico objetivo da realidade, em relação ao qual se fixam metas e prazos para o seu alcance e, finalmente, calculam-se os recursos necessários para a sua efetiva implementação, definindo-se as responsabilidades dos entes federativos. Como se sabe, tudo isso faltou ao projeto de lei (PL) 8035 de 2010 enviado pelo poder Executivo ao Congresso Nacional.

 
2.440 palavras
Educação  SãO PAULO 28/10/2011
Educação

A realidade das escolas brasileiras

Entrevistas feitas com alunos, professores e dirigentes trazem à tona problemas que prejudicam o avanço da educação no Brasil

Na semana em que se divulgou que o Brasil tem uma universidade pública entre as 200 melhores do mundo, a Universidade Estadual de São Paulo (USP), o que se pensa é que a educação no país está num bom caminho. E está. Mas há um grande abismo entre as experiências das escolas brasileiras. Diferenças provocadas pela condição socioeconômica das famílias, mas também pelas diferenças socioeconômicas regionais. Também por descaso de autoridades, políticas públicas mal formuladas ou que simplesmente não são seguidas. A falta de continuidade das propostas é outro entrave para que os avanços no sistema educacional brasileiro cheguem a todos os lugares, para todas as crianças, jovens e também adultos. O documentário Pro dia nascer feliz, dirigido por João Jardim e lançado em 2007, aponta algumas dessas discrepâncias.

res_realesco

 

1.309 palavras
1 Imagens
Educação  SãO PAULO 27/10/2011
Educação

Lei de responsabilidade educacional?

O não cumprimento do desenvolvimento da educação compromete gerações inteiras

Nada parece mais razoável do que ter uma lei que responsabilize gestores pelo não cumprimento do desenvolvimento da educação de um povo. A educação é um direito e um bem público, deve ser organizada pelo Estado e, portanto, quem não o faz prejudica gerações inteiras e deve pagar por isso. De certa forma, está 400 anos atrasada. As camadas populares foram, historicamente, as mais prejudicadas nesse processo, quando o desenvolvimento econômico não necessitava de um nível de qualidade educacional maior. Agora, que se impõe o acesso à educação básica como forma de aumentar a produtividade e o consumo, os empresários e seus reformadores educacionais não saem da mídia argumentando a favor da qualidade da educação. Mas qual qualidade?

 
2.054 palavras
Ciência  SãO PAULO 26/10/2011
Tecnologia

Artista propõe sistema para impedir reconhecimento de face por computador

Projeto é destinado a confundir ou cegar os sistemas de reconhecimento facial

Como se esconder de uma máquina? Adam Harvey é um artista e tecnólogo americano formado em Telecomunicações Interativas, na Universidade de Nova York, que tem focalizado essa questão em seus trabalhos, como forma de instigar a contra-vigilância e a proteção da privacidade. Os meios que usa para a problematização desses temas, cada vez mais atuais, vão desde a visão computacional até o design interativo, com o uso de computadores que podem ser vestidos (wearable computing). Um de seus projetos é chamado CV Dazzle (Computer Vision Dazzle) e, como o próprio nome diz, é destinado a confundir ou cegar os sistemas de reconhecimento facial. A palavra dazzle faz referência a um tipo de camuflagem utilizada durante a Primeira Guerra Mundial pelos navios, com o objetivo de dificultar a identificação do tamanho e da direção da embarcação pelos radares.

Reconocimiento facial.
770 palavras
1 Imagens
Educação  SãO PAULO 25/10/2011
Educação

Superação do analfabetismo permanece como meta não alcançada

A erradicação do analfabetismo é a primeira das dez diretrizes que orientam o Plano Nacional de Educação (PNE) 2011-2020

 

A erradicação do analfabetismo é a primeira das dez diretrizes que orientam o Plano Nacional de Educação (PNE) 2011-2020, no qual duas metas tentam atacar diretamente esse problema. Já presente em planos anteriores, o objetivo de combater o analfabetismo absoluto no país caminha a passos lentos, com quedas muito pequenas nos índices a cada ano. Segundo dados da última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2009, o Brasil tem ainda 14,1 milhões de analfabetos e mais de 20% da população é considerada analfabeta funcional. Questões como a formação de educadores, as estratégias para manter adultos nos programas de alfabetização e o próprio conceito de analfabetismo encontram lugar na discussão sobre como evitar que a meta tenha que se estender para o decênio seguinte.

Escolares ecuatorianos (FOTO: Senatel).
1.754 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 19/10/2011
Tecnologia

Da coisa ao objeto, do artefato à tecnologia ubíqua

Para sobreviver entre as coisas, e para dominar o mundo de coisas, o humano buscou entendê-las
Era 1988, e Mark Weiser, então chefe do setor de tecnologia da Xerox, previa que uma miríade de sistemas tecnológicos perpassaria nossos ambientes físicos e biológicos. Um mundo repleto de máquinas, computadores e sistemas que se comunicariam entre si e agiriam e tomariam decisões pelos seres humanos. E a história da relação entre o humano e o computador poderia ser dividida em três fases: muitas pessoas operando uma máquina (mainframe); uma pessoa, uma máquina (computação pessoal); muitas máquinas por pessoa (computação ubíqua).  
1.325 palavras
Ciência  SãO PAULO 05/10/2011
Tecnologia

Singularidade: de humanos feitos simples máquinas em rede*

Grupos que defendem benefícios de melhoramentos científico-tecnológicos do corpo humano ganham a mídia

Há um conjunto heterogêneo de grupos que vêm defendendo e postulando os benefícios de melhoramentos científico-tecnológicos do corpo humano, reunidos sob o chapéu do transhumanismo. Dentre eles, um em particular chama a atenção por dois motivos: o espaço que vem conseguindo nos últimos tempos na mídia mundial; e as suas conexões com as indústrias de tecnologia do Vale do Silício, que gozam, na atualidade, de poder político, econômico e forte influência intelectual.

 
3.129 palavras
Ciência  SãO PAULO 04/10/2011

Tecnologia e contemporaneidade

Distância sintática e semântica entre homem e máquina é também o que os aproxima

Tecnologia e contemporaneidade são nomes cujo modo de significação tem várias características comuns, entre elas a da coexistência conceitual e prática num mundo que sem elas não existiria para nossa compreensão e cuja existência só se compreende por sua relação.

 

 

1.585 palavras
Ciência  SãO PAULO 27/09/2011
Tecnologia

Impacto das TICs dependem da habilidade das pessoas que as utilizam

Em entrevista coletiva, filósofo Pierre Lévy trata da interação das pessoas com os equipamentos e como se reflete na constituição de uma inteligência coletiva

Um dos mais conhecidos pensadores da cibercultura, o filósofo Pierre Lévy falou sobre conhecimento e interação com as tecnologias de informação e comunicação, em entrevista coletiva no Auditório da Coordenadoria de Tecnologia da Informação da Universidade de São Paulo. Para ele, as tecnologias de comunicação, mesmo as mais avançadas, não são capazes de construir por si próprias novas formas de saber e de inteligência. Isso porque, seu impacto sobre as existências individuais e coletivas depende diretamente da habilidade das pessoas que as utilizam.

pierre levy

 

2.300 palavras
1 Imagens
Ciência  SãO PAULO 26/09/2011
Tecnologia

Desenvolvimento tecnológico lança questões sobre o futuro do trabalho

Pesquisadores analisam impacto das mudanças, como necessidade de maior especialização e substituição de funções

 

Em geral, quando adquirirmos um novo produto, não imaginamos a complexidade de sua produção, pois o mesmo chega às mãos do consumidor mostrando apenas facilidades, conforto e a simplicidade de seu uso. Dentre as várias relações que acontecem no desenvolvimento de novos produtos ou no melhoramento daqueles já existentes, estão complexas formas de conexão entre tecnologia e trabalho, que geram polêmicas entre aqueles que as estudam ou que convivem diretamente com elas.

Prototipo de vehículo eléctrico desarrollado por Renault.
1.809 palavras
1 Imagens
Cultura  SãO PAULO 23/09/2011
Em nome da segurança

Governo dos EUA estimula vigilância coletiva; racismo cresce

Campanha encoraja cidadãos a contatar polícia caso vejam algo que possa ser suspeito de ato terrorista

O Departamento de Segurança Interna dos EUA acaba de lançar uma nova rodada de vídeos, anúncios em rádio e na mídia impressa da campanha “If You See Something, Say Something” (Se você vir algo, diga algo). O vídeo oficial da nova fase da campanha mostra situações suspeitas em estacionamentos, lojas, ruas, aeroportos, shopping centers, parques públicos, hospitais, estações de ônibus e metrôs, laboratórios de pesquisa etc, ou seja, é transmitida a ideia de que o perigo pode estar em qualquer lugar. A certa altura, o narrador adverte que a vigilância e as denúncias não devem se basear em raça, religião ou gênero, mas sim em comportamentos considerados suspeitos ou fora do comum pelos observadores.

 
581 palavras
Ciência  AMAZONAS 23/09/2011

Pássaros tropicais da floresta amazônica reaparecem depois de considerados extintos

Pesquisa realizada durante 25 anos conclui que fragmentos de florestas secundárias fomentam a recolonização

Aves que ficaram isoladas dentro de pedaços de floresta fragmentada desapareceram e voltaram a aparecer em um processo de aparente extinção e posterior recolonização cuja detecção foi possível graças a um estudo realizado a longo prazo Amazônia brasileira. Os resultados do estudo, publicados em junho na PLoS One, demonstram que parte da biodiversidade de uma floresta fragmentada pode ser recuperada se esta porção encontra-se dentro de uma área capaz de reconstituir sua vegetação, depois de explorada por atividades humanas.

El hormiguero cuerniblanco es una de las especies de pájaros que se creyó extinta y que, después de unos años, regresó al bosque en varias ocasiones. (Foto: Philip Stouffer/Louisiana State University)
550 palavras
2 Imagens
Ciência  SãO PAULO 22/09/2011
Saúde

Falha na comunicação entre médico e paciente pode afetar atendimento

Projeto busca melhorar a aprendizagem dos alunos de medicina e enfermagem para lidarem com situações de emergência em hospitais

Situações de emergência exigem de médicos e enfermeiros habilidades de comunicação, que vão desde se apresentar adequadamente ao paciente até esclarecer sua situação, explicar conceitos médicos, orientar sobre os procedimentos do hospital e as decisões em relação ao tratamento. Segundo uma pesquisa da Universidade de Tecnologia, em Sydney, em parceria com a Universidade de Melbourne, o negligenciamento dessas habilidades pode ter efeitos na saúde e segurança dos pacientes.

Un médico apoya a un paciente (FOTO: MINSA).

 
451 palavras
1 Imagens
Ciência  SãO PAULO 21/09/2011
Internet

Hackativismo: crime cibernético ou legítima manifestação digital?

Empresas e governos ainda têm dificuldade em lidar com invasões e invasores

Eles foram assunto de muitas matérias no primeiro semestre de 2011, ainda que nem todo mundo compreendesse ao certo quem eram ou por quais motivos estavam agindo. Conhecidos no meio digital pela alcunha genérica de hackers, eles se juntaram em agremiações digitais e apontaram seus canhões virtuais para os alvos que melhor lhes convinham, dando muita dor de cabeça para administradores de redes de grandes empresas e de entidades governamentais. Além disso, muita gente engajada digitalmente e com conhecimentos técnicos resolveu solucionar, com linhas de programação, os problemas que encontrava nas publicações de dados oficiais, como é o caso do grupo Transparência Hacker. Outros ativistas, com um bocado de mobilização via redes sociais, impulsionaram levantes como a Primavera Árabe, entre outros protestos.

Grafitagem conclama os sírios a se rebelarem contra o governo

 

2.077 palavras
1 Imagens
Ciência  SãO PAULO 26/07/2011
Química

Podemos criar uma indústria química sem impactos ambientais?

Buscaremos identificar essas principais mudanças tecnológicas e desafios ambientais relacionados à evolução do setor químico, assim como discutir se uma indústria química “verde”, com impactos nulos ou mínimos poderia surgir a partir de novas

A ciência química permite ao homem realizar transformações íntimas na estrutura da matéria. O seu desenvolvimento e industrialização, a partir do século XVIII, significou que essas transformações passaram a se realizar em um escala massiva, tendo efeitos mais e mais abrangentes. A cada vez que inovações mudavam a base tecnológica dessa indústria, produtos e serviços inéditos chegavam à sociedade, assim como surgiam problemas ambientais novos e complexos. Chuva ácida, redução da camada de ozônio, aumento da incidência de câncer, resíduos de plásticos nos mares, toneladas de resíduos sólidos perigosos geradas diariamente, todos foram desafios com que a indústria e a sociedade tiveram que aprender a lidar e que tiveram até agora resultados com grau variado de eficácia. Neste artigo, buscaremos identificar essas principais mudanças tecnológicas e desafios ambientais relacionados à evolução do setor químico, assim como discutir se uma indústria química “verde”, com impactos nulos ou mínimos poderia surgir a partir de novas tecnologias.

Industria azucarera.
1.960 palavras
1 Imagens