Ciência  SãO PAULO 30/05/2011
Economia

Inflação em alta no mundo todo acende o sinal de alerta

Pelo menos duas vezes, em abril, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, declarou que o mundo está passando por um surto inflacionário.

Pelo menos duas vezes, em abril, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, declarou que o mundo está passando por um surto inflacionário. No último dia 26, por exemplo, disse isso para justificar que o Brasil “não está mal na foto”, quando comentou o aumento da inflação no país, que atingiu em março 6,3% no acumulado de doze meses. Antes disso, em 18 de abril, Mantega já havia avaliado que o atual cenário econômico mundial tem sido afetado pela alta no preço de commodities como petróleo, minérios, milho e soja.

 
1.449 palavras
Ciência  SãO PAULO 25/05/2011
Economia

O panorama da inflação nos anos 80 e as medidas adotadas pelos diferentes governos

O período histórico pós-ditadura do Brasil tem muito a nos ensinar a esse respeito, não apenas no que concerne às tentativas de controle e consolidação da economia, mas principalmente em relação à experiência e maturidade alcançadas.

A política econômica de um país representa muito mais do que o conjunto de medidas elaboradas para sanar picos de crises remanescentes de processos históricos e iniciativas mal planejadas e mal sucedidas. Mesmo que não tenha um reflexo imediato, pode delinear o comportamento de uma sociedade. O período histórico pós-ditadura do Brasil tem muito a nos ensinar a esse respeito, não apenas no que concerne às tentativas de controle e consolidação da economia, mas principalmente em relação à experiência e maturidade alcançadas. E como dizem os especialistas, as medidas acabaram por promover o controle da inflação para valores aceitáveis no contexto econômico moderno.

 
1.805 palavras
Ciência  SãO PAULO 25/05/2011
Economia

Excêntrica sabedoria

As ideias de um economista polêmico, premiado e requisitado estão no cerne deste documentário baseado em um best seller.

Quando o jovem produtor independente de cinema Chad Troutwine leu o best-seller Freakonomics, lançado em 2005 pelo economista Steven Levitt, da Universidade de Chicago, e pelo jornalista Stephen Dubner, da The New York Times Magazine, pensou: “Isso daria um filme!”. Assim como já havia feito na produção de Paris, je t’aime, premiado no festival de Cannes de 2006, quando contou com vários diretores, como os irmãos Joel e Ethan Coel, o francês Gérard Depardieu e o brasileiro Walter Salles, decidiu reunir um time de documentaristas para as filmagens de Freakonomics, the movie. Convidou, entre outros, Morgan Spurlock, indicado para o Oscar de melhor documentário de longa-metragem por Super size me (2004), e Alex Gibney, premiado com a estatueta nessa categoria, em 2007, por Taxi to the dark side. O resultado, lançado em 2010, é um filme dinâmico, dividido em episódios curtos e longos, que flerta com as linguagens da publicidade, do jornalismo e da ficção e que busca manter o estilo atrativo que o jornalista Dubner deu às inusitadas ideias do economista Levitt.

1.346 palavras
1 Imagens
Ciência  SãO PAULO 24/05/2011
Economia

Câmbio, juros, tributos e a difícil arte de domar o dragão

O início de 2011 trouxe um grande e complexo desafio para o Banco Central brasileiro: desenvolver uma política econômica sofisticada, capaz de manter o ritmo de crescimento do país e diminuir os impactos da atual escalada mundial de preços, principal

O início de 2011 trouxe um grande e complexo desafio para o Banco Central brasileiro: desenvolver uma política econômica sofisticada, capaz de manter o ritmo de crescimento do país e diminuir os impactos da atual escalada mundial de preços, principalmente, dos alimentos. Segundo informe do Banco Central, o comportamento dos preços das commodities no exterior deslocou a inflação brasileira em 2,5% nos últimos meses, afastando-a do centro da meta.

 
1.078 palavras
Ciência  SãO PAULO 24/05/2011
Economia

Qual é o problema com os impostos no Brasil?

Os impostos, são a origem dos recursos que permitem que o Estado forneça esses serviços indispensáveis para a vida em sociedade.

Pagar impostos é uma coisa que não deixa ninguém feliz, no Brasil ou em qualquer parte do planeta. Claro, instintivamente tendemos a pensar que um dinheiro que já “era nosso”, ganho com nosso suor, nossa competência ou nossa esperteza, subitamente é tirado de nós.

 
2.108 palavras
Ciência  SãO PAULO 23/05/2011
Economia

O bestiário do imposto e da inflação

O Estado zela por nós, nós, zelados, trabalhamos para o Estado, o que aumenta o seu zelo para garantir nossas obrigações tributárias.

Vivemos em um país no qual os que pagam impostos trabalham 5 meses por ano para pagá-los e os outros 7 meses para reunir condições para continuar pagando-os nos anos subsequentes. De certa forma, vivemos também para pagar impostos. O que não é pouco, já que quase metade do tempo de nossa vida cidadã é dedicada a cumprir o ritual dessa dedicação. Em outras palavras, o Estado zela por nós, nós, zelados, trabalhamos para o Estado, o que aumenta o seu zelo para garantir nossas obrigações tributárias.

 
445 palavras
1 Imagens
Ciência  SãO PAULO 20/05/2011
Economia

A força dos países emergentes na economia mundial

O potencial econômico desses países pode transformá-los nas quatro economias dominantes do mundo, até 2050.

Em 2001, o economista Jim O´Neil, chefe de pesquisa em economia global do grupo financeiro Goldman Sachs, realizou o estudo “Building Better Global Economic Brics” (“Construindo uma melhor economomia global Brics”, em tradução livre), em que se destacaram os países que compõem o bloco (Brasil, Rússia, Índia, China e, desde meados de abril, também a África do Sul), devido ao papel de destaque que apresentam no cenário mundial, por conta do rápido desenvolvimento de suas economias. De acordo com a pesquisa, o potencial econômico desses países pode transformá-los nas quatro economias dominantes do mundo, até 2050 (a avaliação foi feita antes do ingresso da África do Sul no bloco).

 
1.679 palavras
Ciência  SãO PAULO 20/05/2011
Economia

Fabrício Augusto de Oliveira

O economista fala sobre inflação e impostos, temas que preocupam os brasileiros, seja qual for sua renda, e aponta caminhos para ações do governo.

Fabrício Augusto de Oliveira é doutor em economia pela Universidade Estadual de Campinas, onde foi professor até 1998. Também lecionou na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, na Universidade Federal de Minas Gerais e na Universidade Federal do Espírito Santo e foi secretário adjunto-geral da Secretaria da Fazenda de Minas Gerais no governo Itamar Franco, em 1999. Publicou vários livros sobre economia brasileira e finanças públicas. É também autor de vários artigos publicados em revistas nacionais e internacionais dessas áreas. Nesta entrevista, o atual professor da Escola de Governo da Fundação João Pinheiro, de Belo Horizonte (MG), e consultor na área de economia do setor público para órgãos nacionais e internacionais, expõe suas impressões sobre o processo inflacionário que volta a preocupar o governo e cidadãos brasileiros, que ainda trazem na memória o período de hiperinflação da década de 1980. Ele comenta também como a política fiscal adotada no Brasil atinge os diferentes setores e classes sociais, comparando-a com a de outros países que têm características semelhantes às do Brasil.

fabricioaugustodeoliveira
1.821 palavras
1 Imagens
Ciência  SãO PAULO 19/05/2011
Economia

Embora necessária, reforma tributária ainda está distante do consenso

Ainda que a necessidade de uma revisão geral no sistema tributário brasileiro seja reconhecida por praticamente todos os segmentos da sociedade, a tramitação no Congresso Nacional e as discussões sobre elas, não permitem um consenso para sua aprova

Entra governo, sai governo, e a questão da reforma tributária no Brasil permanece interminável. Os debates são intensos, o processo longo, e os resultados, nem sempre efetivos. Ainda que a necessidade de uma revisão geral no sistema tributário brasileiro seja reconhecida por praticamente todos os segmentos da sociedade, a tramitação no Congresso Nacional e as discussões sobre elas, no entanto, não permitem vislumbrar no horizonte um consenso para sua aprovação.

 
2.628 palavras
Ciência  SãO PAULO 19/05/2011
Economia

Taxa de câmbio e desenvolvimento econômico no Brasil pós-crise

Diante da sua importância inconteste, o conflito de ideias acerca da taxa de câmbio gira em torno da instituição responsável por manobrar sua trajetória: o Estado ou o mercado.

O câmbio é um dos temas mais espinhosos da economia. Consensualmente, ele é uma variável chave que tem impacto determinante na relação entre os preços domésticos e os preços externos e, por consequência, na distribuição de renda, na estrutura produtiva, na estrutura de emprego, na inflação, nos padrões de consumo, no crédito, nas estruturas de ativos e passivos privados, na dívida pública e nas contas externas de uma economia. Diante da sua importância inconteste, o conflito de ideias acerca da taxa de câmbio gira em torno da instituição responsável por manobrar sua trajetória: o Estado ou o mercado. Para alguns, ele deve ser usado como instrumento político para promover desenvolvimento econômico, sendo manejado pelo Estado. Para outros, ele deve ser uma variável isenta da interferência do Estado e levado à situação de equilíbrio pelas forças de mercado.

 
1.079 palavras
Ciência  SãO PAULO 18/05/2011
Economia

Os limites das metas de inflação

Hoje há quase unanimidade no repúdio à ideia de que bastava, em um ambiente de desregulamentação financeira, assegurar a estabilidade monetária, mediante a utilização de um regime de metas de inflação.

Há alguns anos, o pensamento compacto e invulnerável a contraditório conferia conforto às certezas a respeito das políticas “corretas”. Hoje há quase unanimidade no repúdio à ideia de que bastava, em um ambiente de desregulamentação financeira, assegurar a estabilidade monetária, mediante a utilização de um regime de metas de inflação.

 
771 palavras
Ciência  MATO GROSSO 18/05/2011

El pastoreo rotatorio sirve como herramienta de conservación en El Pantanal y Cerrado

Una técnica rutinaria de desplazamiento cíclico del ganado produce animales con mayor valor económico y mantiene a los ganaderos alejados del bosque

La práctica del pastoreo rotatorio, una técnica que consiste en permitir al ganado pacer en espacios pequeños por un periodo de tiempo determinado antes de trasladarlo a otro potrero, ha resultado eficaz para permitir la recuperación de especies de pasto nativas y frenar la deforestación en las regiones brasileñas del Pantanal y Cerrado. De acuerdo a un estudio liderado por investigadores de la Sociedad para la Conservación de la Vida Silvestre (WCS), la técnica no solo ha demostrado ser una valiosa herramienta de conservación, sino que además mejora la salud del ganado y aumenta su productividad.

Reses en la región de Pantanal durante el estudio sobre las ventajas del pastoreo rotatorio. (Foto: Wildlife Conservation Society)
634 palavras
1 Imagens
Ciência  SãO PAULO 13/05/2011
Saúde e Medicina

O pesquisador Claudio Banzato comenta a iniciativa de levantar informações sobre o uso e a percepção dos sistemas CID e DSM

Fala ainda da expectativa acerca das revisões desses manuais

Professor da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Cláudio Banzato realizou um levantamento postal anônimo com psiquiatras brasileiros afiliados à Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), selecionados de modo aleatório. O estudo, intitulado “O que os psiquiatras brasileiros esperam das classificações diagnósticas”, examinou o uso e a percepção em termos de utilidade clínica dos sistemas diagnósticos multiaxiais CID-10 e DSM-IV e, ainda, as expectativas que esses profissionais nutrem a respeito das próximas revisões. Em decorrência desse estudo Banzato foi um dos pesquisadores responsáveis pelo trabalho “An International Study of the views of psychiatrists on present and preferred characteristics of classifications of Psychiatric Disorders” (traduzindo, “Um estudo internacional das visões dos psiquiatras acerca das características presentes e preferenciais das classificações dos transtornos psiquiátricos”), que compara as respostas dos profissionais brasileiros, obtidas no levantamento, com as dos psiquiatras da Nova Zelândia e do Japão. Na opinião do pesquisador, muito se espera das novas classificações diagnósticas e, talvez, demasiadamente. Entretanto, ele frisa que a redução de categorias de diagnósticos é desejada tanto pelos psiquiatras brasileiros, quanto pelos japoneses e neozelandeses.

Dr. Claudio Banzato, psiquiatra da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp, Campinas, Brasil.
1.186 palavras
1 Imagens
Ciência  BRASIL 13/05/2011
Indústria e Tecnologia

Brasil responderá à OEA sobre caso Belo Monte até o dia 26

O Brasil deverá responder até o dia 26 deste mês à Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), da OEA, que determinou, no dia 1º de abril, a suspensão imediata do processo de licenciamento e construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte

O Brasil deverá responder até o dia 26 deste mês à Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), da Organização dos Estados Americanos (OEA), que determinou, no dia 1º de abril, a suspensão imediata do processo de licenciamento e construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte. A CIDH argumenta que o empreendimento causa prejuízo aos direitos das comunidades indígenas e ribeirinhas da Bacia do Rio Xingu, área onde a usina deverá ser construída.

 

545 palavras
Ciência  SãO PAULO 12/05/2011
Saúde/Medicina/Ciência

Avanços científicos para uma classificação robusta dos transtornos mentais

Atuando há mais de 60 anos, o Instituto Nacional de Saúde Mental do governo dos Estados Unidos (NIMH, na sigla em inglês), desde sua fundação, tem como objetivo apoiar a investigação, a prevenção e o tratamento de transtornos psiquiátricos.

Atuando há mais de 60 anos, o Instituto Nacional de Saúde Mental do governo dos Estados Unidos (NIMH, na sigla em inglês), é a maior organização de pesquisas em saúde mental do mundo e, desde sua fundação, tem como objetivo apoiar a investigação, a prevenção e o tratamento de transtornos psiquiátricos. Há quase um ano, está desenvolvendo uma nova iniciativa em particular, chamada de Reseach Domain Criteria (RDoC), para promover um melhor entendimento e tratamento de transtornos mentais. Isso somente é possível devido aos diversos avanços tecnológicos e à associação de diversas áreas do conhecimento.

“Brainbow”: rastreamento do circuito cerebelar e análise de cor.
1.526 palavras
1 Imagens
Cultura  SãO PAULO 12/05/2011
Bibliotecas Arte Cultura

Bibliotecas: tradição no acúmulo e circulação de ideias

A palavra biblioteca nos remete a um lugar tranquilo e silencioso, ou para alguns, a apenas um repositório de livros.

A palavra biblioteca nos remete a um lugar tranquilo e silencioso, ou para alguns, a apenas um repositório de livros. Mas muito mais do que um lugar reservado a livros e leitores, as bibliotecas têm muito a dizer sobre as relações estabelecidas ao longo da história entre a cultura e as pessoas, entre a humanidade, seu conhecimento acumulado e seu legado para o futuro.

Frente da Biblioteca Mazarine, em Paris. Foto: Wikimedia Commons.
1.293 palavras
1 Imagens
Ciência  SãO PAULO 11/05/2011

Classificar, descrever, explicar

objeto da ciência é sempre um objeto da teoria científica que o cria para nele simular os fenômenos que, tornados discretos, podem ser descritos, classificados e mesmo previstos, dependendo do modelo e da metodologia da representação.

Todo sistema teórico é, pelo menos, um princípio de classificação, quando não um princípio de explicação. Por isso, dizia Saussure que a língua - objeto teórico da linguística - é um todo em si mesmo e um princípio de classificação.

 
400 palavras
Cultura  SãO PAULO 11/05/2011
Arte Cultura

Uma biblioteca, uma obra rara e sete monges mortos

Sinais do clima intelectual do nosso tempo num romance histórico que ambienta assassinatos numa abadia fictícia de 1327.

Com toda a probabilidade do mundo, o eventual leitor que abra um exemplar de O nome da Rosa hoje, trinta anos após sua primeira publicação, e encare ser transportado para uma abadia fictícia nas montanhas do norte da Itália no ano de 1327, já conhecerá as linhas gerais da trama urdida por Umberto Eco. Narrada pelo ingênuo Adso de Melk, a história da investigação do sábio inglês Guilherme de Baskerville sobre misteriosas mortes de monges termina com a descoberta dos assassinos e das armas, como numa boa história de Sherlock Holmes. No centro da intriga, um livro raro, raríssimo, e a maior biblioteca da cristandade medieval.

1.701 palavras
1 Imagens
Ciência  SãO PAULO 10/05/2011
Cinema/Saúde/Medicina

Distúrbios mentais inspiram cinema

Uma lista infindável de produções nas áreas de literatura, cinema e teatro manifesta o interesse de seus autores pelo conhecimento científico.

Uma lista infindável de produções nas áreas de literatura, cinema e teatro manifesta o interesse de seus autores pelo conhecimento científico. Isso acontece principalmente entre os cineastas, especialmente em uma área de estudo que desperta a curiosidade por tentar desvendar e compreender melhor a natureza humana: os transtornos mentais analisados pela psicanálise e psiquiatria.

Imagen del cerebro.
1.239 palavras
1 Imagens
Cultura  SãO PAULO 10/05/2011
Arte Cultura

Margarita Becedas

A guardiã dos tesouros da Biblioteca Antiga de Salamanca fala sobre os acervos da instituição, destaca obras importantes e conta sobre a conservação e acesso a esse material.

Formada em filosofia hispânica pela Universidade de Salamanca, Margarita Becedas começou a atuar como bibliotecária em 1986, quando entrou para o quadro de bibliotecários do Estado. Atualmente é responsável pelos Sistemas Bibliotecários das Universidades de Valladolid e Salamanca, e desde 1997, é diretora da Biblioteca de História Geral da Universidade de Salamanca (Usal). Ela é autora dos livros Tesoros de la antigua librería de la Universidad de Salamanca (2002), e Las bibliotecas históricas de Castilla y León (2007). Em 2008, publicou com dois colegas de profissão um manual de catalogação de acervos antigos intitulado Los libros impresos antiguos: análisis y aplicacion de La ISBD(A).

 
2.198 palavras
1 Imagens