Ciencia Brasil , Tocantins, Miércoles, 01 de octubre de 2014 a las 16:40

Popularização da Ciência é tema de evento científico em Palmas

Entre os principais objetivos da Jornada Científica do Ceulp/Ulbra estão a abertura de espaço para a apresentação de trabalhos desenvolvidos por jovens cientistas

Agência de Notícias FAPDF/DICYT O Superintendente Técnico-Científico da Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAPDF), Roberto Carvalho, ministrará uma palestra durante a abertura da 14ª Jornada de Iniciação Científica, em Palmas (TO). O evento, organizado pelo Centro Universitário Luterano de Palmas (Ceulp/Ulbra), será realizado no dia 7 de outubro, às 19h, no Auditório Central da instituição. A palestra terá como tema “Popularização da Ciência: uma necessidade”.

 

Entre os principais objetivos da Jornada Científica do Ceulp/Ulbra estão a abertura de espaço para a apresentação de trabalhos desenvolvidos por jovens cientistas, incentivo à pesquisa entre os acadêmicos e a promoção do intercâmbio entre os pesquisadores e estudantes.

 

De acordo com Carvalho, a popularização da ciência é tema obrigatório para as sociedades atuais e, em particular, para os países em desenvolvimento ou emergentes, como o Brasil. Para o superintendente, os grandes problemas da atualidade e mesmo os problemas cotidianos têm relação direta com os avanços da ciência e tecnologia em todos os campos do conhecimento e suas aplicações. “Hoje, mais do que nunca o cidadão esta sendo chamado a participar ativamente dos rumos da sociedade e só poderá fazê-lo plenamente se conhecer as bases da CT&I (ciência, tecnologia e inovação).”, explica.

 

Ainda de acordo com o superintendente da FAPDF, as ações de popularização de C&T devem começar com o próprio pesquisador, apresentando os projetos à sociedade com clareza e em linguagem simples e acessível. Nesse sentido, o pesquisador pode contar com o apoio do poder público, como por exemplo, da FAPDF, que incentiva a divulgação, a educação para ciência e a popularização da ciência e tecnologia. Nestes três aspectos, a Fundação já concedeu apoio a projetos realizados no Distrito Federal, como, por exemplo, com os editais para participação e execução de eventos no âmbito da CT&I.

 

Segundo Roberto Carvalho, as instituições de ensino e pesquisa também contribuem criando espaços e meios para difundir e divulgar as realizações no campo da pesquisa, do avanço do conhecimento e da inovação. “Desta forma, dá um retorno a sociedade e ao mesmo tempo põe o cidadão em contato com os avanços científicos para que ele possa entender melhor o mundo que o cerca e as transformações pelas quais vem passando”, conclui.