Ciência  OPORTO 16/11/2016

Oporto acoge desde mañana las VI Jornadas de Arqueología del valle del Duero

Se presentaran un total de 65 comunicaciones y 18 posters, con un importante aumento de número de trabajos con respecto a ediciones anteriores

Los próximos días 17, 18 y 19 de noviembre la Asociación Científico - Cultural ZamoraProtohistórica, junto con el Laboratório de Paisagens, Património e Território - Lab2PT de la Universidade do Minho (Portugal), organizarán las VI Jornadas de Arqueología del valle del Duero, que se celebrarán en la Casa das Artes de la ciudad de Oporto.

Yacimiento de El Castillón. Foto: Zamora Protohistórica.
217 palavras
1 Imagens
Ciência  OPORTO 12/04/2016

Novos produtos marinhos com aplicações biotecnológicas

Projeto de investigação científica do Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental da Universidade do Porto (CIIMAR)

Identificar e promover novos produtos marinhos com aplicações biotecnológicas é o grande objetivo do INNOVMAR – Innovation and Sustainability in the Management and Exploitation of Marine Resources, o mais recente projeto de investigação científica do Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental da Universidade do Porto (CIIMAR) com financiamento aprovado pelo Programa Operacional Regional do Norte (NORTE2020), através Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

Océano (FOTO: STRI).
239 palavras
1 Imagens
Ciência  PORTUGAL 31/03/2016

Bactéria descoberta pela UA em lamas radioativas tem potencial para a medicina

Investigação do Laboratório de Biotecnologia Molecular

Não é apenas mais uma nova espécie bacteriana descoberta por uma equipa de investigadoras da Universidade de Aveiro (UA). A NL19 é uma ‘super’ bactéria que sobrevive em ambientes extremos, como o da antiga mina de urânio da Quinta do Bispo, em Viseu, onde foi identificada. Isolada a partir de lamas com elevadas concentrações de metais radioativos, as cientistas de Aveiro descobriram já que a NL19 produz antibacterianos que podem vir a ser usados na medicina, na veterinária e na indústria alimentar. Em curso está já o estudo de como esta bactéria poderá ser aproveitada pelo Homem na produção de outros compostos bioactivos.

Equipa de investigadoras da Universidade de Aveiro (UA).
362 palavras
1 Imagens
Ciência  OPORTO 14/03/2016

FADEUP cria sistema para melhorar o desempenho dos surfistas

Esta solução permite entender melhor o comportamento das correntes marítimas em relação à prancha de surf na formação das ondas gigantes

Investigadores da Faculdade de Desporto da Universidade do Porto (FADEUP) desenvolveram um sistema inovador que possibilita a avaliação in loco do desempenho dos surfistas e, desta forma, a melhoria do seu rendimento.

Sistema tem como objetivo avaliar o desempenho dos atletas e melhorar o seu rendimento. (Foto: LABIOMEP)
300 palavras
1 Imagens
Ciência  OPORTO 04/03/2016

Estudo do CIIMAR revela aspetos da síntese de ácidos gordos

Os ácidos gordos são vitais para numerosos processos fisiológicos, para o desenvolvimento embrionário e também para a função cerebral, nomeadamente na espécie humana

Uma equipa internacional liderada por Filipe Castro, investigador do Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental da Universidade do Porto (CIIMAR), acaba de elucidar alguns dos aspetos fundamentais da evolução da via metabólica da biossíntese de ácidos gordos (ômega 3 e ômega 6) em animais cordados.

O anfioxo, a lampreia e a quimera o foram os três modelos de animais estudados neste trabalho. FOTO: UP
305 palavras
1 Imagens
Ciência  OPORTO 26/02/2016

Investigadores da Universidade do Porto criam sistema para monitorizar os oceanos

O projeto MarinEye é financiado pelo programa EEA Grants e conta ainda com a participação dos investigadores Antonina dos Santos, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) e Sérgio Leandro, do Centro de Ciências do Mar e do Ambiente

Um grupo de investigadores do Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental da Universidade do Porto (CIIMAR) e do INESC TEC está a desenvolver um sistema autónomo capaz de monitorizar de forma integrada os oceanos, permitindo assim uma gestão mais sustentável dos recursos marinhos e uma redução dos impactos de riscos ambientais.

O projeto MarinEye é financiado pela EEA Grants e termina em abril de 2017. FOTO: UP
375 palavras
1 Imagens
Ciência  AVEIRO 19/02/2016

Investigação da UA simplifica complexo sistema eletrónico dos veículos de competição

Trabalho de Pedro Kulzer, estudante de doutoramento em Engenharia Electrónica

Os atuais métodos de modelação das centralinas dos automóveis, ou seja, dos dispositivos eletrónicos utilizados no controlo de grande parte das funções mecânicas, elétricas e eletrónicas dos carros atuais, chegaram a um ponto de complexidade extremamente elevado ao nível do software e conduzem, por isso, a vários problemas de manutenção e de desenvolvimento. Pedro Kulzer, estudante de doutoramento da Universidade de Aveiro (UA), partiu desta premissa para desenvolver o ECU2010, uma nova solução que minimiza a panóplia de software necessária aos atuais sistemas automóveis, especialmente pensada para as competições.

Monoplaza R-26 del actual campeón del mundo de Fórmula 1
877 palavras
1 Imagens
Ciência  OPORTO 11/02/2016

Estudo lança novas pistas sobre a aprendizagem dos peixes

O artigo agora publicado representa um importante contributo para o avanço do conhecimento dos mecanismos neuronais dos processos de aprendizagem em peixes.

Num estudo inovador publicado recentemente pela prestigiada revista internacional Proceeding of the Royal Society B, uma equipa de investigadores do CIBIO – Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos da Universidade do Porto / InBIO Laboratório Associado, descreve os efeitos da dopamina na aprendizagem dos peixes limpadores, conhecidos pelas complexas interações sociais com outras espécies e pela capacidade de adaptação a diferentes cenários.

O artigo agora publicado representa um importante contributo para o avanço do conhecimento dos mecanismos neuronais dos processos de aprendizagem em peixes. (Foto: DR)
492 palavras
1 Imagens
Ciência  AVEIRO 29/01/2016

UA descobre que os buracos negros binários ‘dançam’ como a Lua

Investigação de Alexandre Correia, do Departamento de Física

Era mais um enigma da imensa lista dos que envolvem os buracos negros binários. Que tipos de equilíbrio existem na rotação que dois buracos negros empreendem em torno um do outro? E por que leis se rege essa ‘dança’ celeste? Num trabalho recentemente publicado, Alexandre Correia, físico na Universidade de Aveiro (UA), garante que existem apenas dois tipos de equilíbrio distintos e, para o explicar, aponta um mecanismo idêntico ao que explica a rotação da Lua, quer sobre ela própria, quer em torno da Terra.

Alexandre Correia, físico na Universidade de Aveiro (UA).
520 palavras
2 Imagens
Ciência  AVEIRO 21/01/2016

Algoritmo que prevê a evolução da infeção SIDA/Tuberculose é ferramenta para médicos

Investigação de Delfim F. M. Torres e Cristiana J. Silva do Departamento de Matemática

Uma equipa de investigadores da Universidade de Aveiro (UA) desenvolveu um modelo matemático para ajudar a combater coinfecções do vírus HIV e da Tuberculose. O algoritmo, que faz previsões sobre a influência dos tratamentos na evolução do estado de saúde dos pacientes a médio e longo prazo, permite aos médicos traçar prioridades e decidir quem deve ser tratado, como e durante quanto tempo de forma a reduzir ao mínimo o número dos coinfectados a desenvolver ativamente as duas doenças.

Mycobacteria responsable de la tuberculosis
450 palavras
1 Imagens
Ciência  OPORTO 14/01/2016

Mexilhões de água doce fortemente ameaçados por toda a Europa

Em Portugal estão descritas seis espécies ameaçadas

Um estudo europeu liderado por Manuel Lopes-Lima, investigador do Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental da Universidade do Porto (CIIMAR), e Ronaldo Sousa (Universidade do Minho) alerta para o preocupante estado de conservação dos mexilhões de água doce na Europa, com 75% das espécies classificadas com estatuto de “ameaça“.

Estudo revela toda a informação acerca da distribuição, estatuto de conservação, habitats e principais ameaças destes organismos na Europa. (Foto: DR)
282 palavras
1 Imagens
Ciência  AVEIRO 08/01/2016

Descobertas sete espécies de invertebrados exclusivas da Serra do Buçaco

Trabalho decorreu no âmbito do projeto BRIGHT, em parceria com a Universidade de Aveiro

Sete espécies de invertebrados são apontadas como endémicas, ou seja, exclusivas da Mata Nacional do Buçaco, na sequência de estudos realizados no âmbito do projeto BRIGHT, acrónimo de Bussaco´s Recovery from Invasions Generating Habitat Threats, da Fundação Mata do Buçaco (FMB) e em parceria com a Universidade de Aveiro (UA). Estes resultados foram anunciados no decorrer da intervenção de Tatiana Pinhal e João Gonçalo Moreira, estudantes de Biologia, respetivamente, das universidades de Aveiro e Porto, integrada nas jornadas do “Sement Event”, promovidas pelo grupo de trabalho do BRIGHT, no Luso.

Tatiana Pinhal e João Gonçalo Moreira, estudantes de Biologia. FOTO: UA
566 palavras
1 Imagens
Ciência  OPORTO 16/12/2015

Estudo revela que a chita será originária da América do Norte

A equipa sequenciou, montou e comparou o genoma de um macho chita da Namíbia, chamado ‘Chewbaaka’, com outros seis chitas selvagens da Tanzânia e Namíbia

Agostinho Antunes, investigador do Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental da Universidade do Porto (CIIMAR) é um dos autores do estudo publicado na última edição da prestigiada revista científica Genome Biology, que revela que a chita (Acinonyx jubatus) terá migrado da América do Norte sensivelmente há 100 mil anos atrás, durante a última Idade do Gelo, antes de ficar isolada em África.

A chita é o animal terrestre mais veloz do planeta, e terá migrado da América do Norte para �frica. (Foto: DR)
293 palavras
1 Imagens
Ciência  OPORTO 30/11/2015

INESC TEC cria software para diagnóstico do cancro da mama e próstata

Em Portugal são detetados anualmente cerca de 4.500 novos casos de cancro da mama, que resultam na morte de cerca de 1.500 mulheres

ExpertBayes é o nome do software criado pelo INESC TEC para ajudar os profissionais de saúde, mais especificamente os médicos, no diagnóstico de doenças como os cancros da mama e da próstata.

Resultados do projeto assentam em mais de 700 dados reais de pacientes submetidos a exames de rastreio. (Foto: DR)
388 palavras
1 Imagens
Ciência  AVEIRO 10/11/2015

UA desenvolve sistema de alerta de acidente para motociclos

Investigação do Departamento de Engenharia Mecânica

Um grupo de investigadores da Universidade de Aveiro (UA) desenvolveu um sistema eletrónico de transmissão de dados para motociclos que se ativa automaticamente quando há um acidente, enviando em tempo real para as unidades de saúde um alerta com a informação do local e dados biográficos e médicos da vítima.

José Santos, investigador do Departamento de Engenharia Mecânica. FOTO: UA
384 palavras
1 Imagens
Ciência  OPORTO 29/10/2015

Telescópio espacial CHEOPS vai procurar outras “Terras”

O satélite CHEOPS é um telescópio espacial com 32 cm de diâmetro, que estará em órbita da Terra para observar planetas em torno de estrelas distantes

A descoberta de novos planetas em órbita de estrelas distantes já não é novidade. Mas saber como são esses planetas continua a ser um desafio para a ciência. Será que existem planetas semelhantes à Terra no Universo?

As paredes do CHEOPS vão ser decoaradas com 3000 desenhos de crianças europeias. (Foto: ESA)
382 palavras
1 Imagens
Ciência  AVEIRO 26/10/2015

Universidade de Aveiro desenvolve embalagens alimentares a partir da batata

Produzidas à base de amido, um dos hidratos de carbono presentes nas batatas e cujas propriedades permitem obter películas transparentes, resistentes à rutura, inodoras e sem sabor

À primeira vista, as embalagens alimentares desenvolvidas pela investigadora Idalina Gonçalves na Universidade de Aveiro (UA) parecem-se com as de plástico vulgarmente utilizadas pela indústria alimentar e superfícies comerciais. Mas qualquer semelhança com os materiais sintetizados a partir de derivados do petróleo e que, cada vez mais, constituem um problema ambiental, está apenas no aspeto. Desenvolvido exclusivamente a partir da batata, o bioplástico da UA para embalar alimentos pretende acabar com a ditadura do plástico sintético. É que para além de ser biodegradável, os ingredientes do novo bioplástico promovem uma melhor conservação dos alimentos quando comparados com os plásticos tradicionais.

Idalina Gonçalves. FOTO: UA
723 palavras
1 Imagens
Ciência  OPORTO 14/10/2015

Universidade do Porto traça diagnóstico à qualidade do ar dos infantários e escolas

A ocupação excessiva e as atividades das crianças, bem como a ventilação deficiente e as atividades de limpeza foram as principais causas identificadas

O contexto escolar tem grande impacto na exposição das crianças à poluição do ar, especialmente nos infantários (creches e jardins de infância). Foi esse o mote que levou uma equipa de investigadores da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), em colaboração com investigadores da Faculdade de Medicina da U.Porto (FMUP) e do Centro Hospitalar de S. João, EPE, a aprofundar o conhecimento da associação entre a exposição à poluição do ar interior e o desenvolvimento da asma infantil.

O estudo incidiu sobre infantários, creches e escolas primárias da área metropolitana do Porto e do distrito de Bragança,
233 palavras
1 Imagens
Ciência  OPORTO 28/09/2015

Atmosfera da estrela permite prever a composição de exoplanetas rochosos

Estes estudos terão um impacto significativo na análise dos exoplanetas que serão descobertos por futuras missões especiais

Em dois artigos publicados recentemente, uma equipa de investigadores do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA) mostra que a abundância relativa de alguns elementos pesados na estrela, como Magnésio (Mg), Silício (Si) e Ferro (Fe), influencia de forma crucial a composição dos exoplanetas rochosos.

Imagem artística, com detalhe do exoplaneta Corot-7b. Este exoplaneta está tão próximo da sua estrela, que se encontra seguramente sujeito a condições extremas. O planeta tem cinco vezes a massa de Terra. Crédito: ESO/L. Calçada
506 palavras
1 Imagens
Ciência  OPORTO 17/09/2015

Gigante gasoso em estrela de berçário

Detetados pela primeira vez há 20 anos, os Júpiteres Quentes continuam a ser dos exoplanetas mais enigmáticos que conhecemos

Uma equipa internacional, da qual faz parte o investigador do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA) Pedro Figueira, acaba de anunciar a descoberta de provas que indicam que os Júpiteres Quentes podem ser muito mais frequentes em estrelas no seu início de vida do que em estrelas com idades semelhantes à do Sol.

Formação de estrelas e os seus planetas na maternidade de estrelas de Touro visto em comprimentos de onda na bando do milimétrico pelo telescópio APEX no Chile. (Crédito: ESO/APEX (MPIfR/ESO/OSO)/A. Hacar et al./DSS2. Agradecimento: Davide De Martin)
449 palavras
1 Imagens