Ciência  PORTUGAL 27/07/2018

A protein that promotes compatibility between chromosomes after fertilization

The study, now published in the scientific journal 'EMBO reports', may pave the way for future developments in the clinical management of infertile couples

A research team from the Center for Biomedical Research (CBMR), at the University of Algarve (UAlg), and Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC), led by Rui Gonçalo Martinho (UAlg) and Paulo Navarro-Costa (UAlg and IGC) has identified the mechanism by which the fertilized egg balances out the differences between chromosomes inherited from the mother and the father. The study, now published in the scientific journal EMBO reports*, may pave the way for future developments in the clinical management of infertile couples.

 
410 palavras
1 Imagens
Ciência  PORTUGAL 20/07/2018

Como as nossas células constroem antenas diferentes para ver, cheirar e ouvir o mundo que nos rodeia

Os investigadores do Instituto Gulbenkian de Ciência descobriram que apesar das células utilizarem muitos dos mesmos materiais de construção ao fazerem os alicerces das antenas, são muito criativas

O nosso corpo é composto por milhões de células que comunicam entre si e com o meio ambiente utilizando pequenas antenas, chamadas de cílios, que emitem e recebem sinais, incluindo som, cheiros, luz. Alguns destes cílios podem mover-se, permitindo também o movimento às células, como no caso do espermatozóide. Sabe-se que estes cílios estão alterados em várias doenças levando a infertilidade, perda de visão, obesidade, e outros sintomas.

 
476 palavras
1 Imagens
Ciência  PORTUGAL 09/07/2018

Desvelan un mecanismo involucrado en la pérdida de memoria asociada al envejecimiento

Comprender estos procesos es crucial para definir nuevas estrategias terapéuticas

Un estudio publicado en la revista ‘Molecular Psychiatry’ ha descrito un nuevo mecanismo involucrado en la pérdida de memoria asociada al envejecimiento. El trabajo, dirigido por Luísa Lopes, del Instituto de Medicina Molecular João Lobo Antunes (iMM, Portugal) ha sido desarrollado durante tres años por un equipo de científicos portugueses, franceses y alemanes.

 
519 palavras
1 Imagens
Ciência  PORTUGAL 09/07/2018

New mechanism involved in memory loss associated with aging discovered

Understanding these processes is crucial in defining new therapeutic strategies as aging is the greatest risk factor for neurodegenerative diseases

A study led by Luísa Lopes, Group Leader at Instituto de Medicina Molecular João Lobo Antunes (iMM; Portugal) and published today in the prestigious journal Molecular Psychiatry, describes a new mechanism involved in memory loss associated with aging. The work developed over 3 years by a team of Portuguese, French and German scientists now shows that specific changes in the signaling of circuits involved in memory induce an abnormal response of the neurons in the brain that is associated with aging. Understanding these processes is crucial in defining new therapeutic strategies as aging is the greatest risk factor for neurodegenerative diseases.

 
497 palavras
1 Imagens
Ciência  PORTUGAL 29/06/2018

CIBIO-InBio revela segredos da adaptação das lebres às alterações climáticas

O estudo demonstra que a incorporação de variantes genéticos de outra espécie de lebre leva a que alguns indivíduos não mudem de cor

Uma equipa científica internacional, que inclui os investigadores do CIBIO-InBIO José Melo-Ferreira e Paulo Célio Alves, revelou num artigo publicado pela revista Science como a lebre-americana consegue manter a camuflagem todo o ano, mudando ou não a cor da pelagem sazonalmente.

 
583 palavras
1 Imagens
Ciência  OPORTO 25/05/2018

Um maço de tabaco por dia aumenta três vezes risco de cancro do estômago

Os investigadores que participaram no consórcio StoP (Stomach Cancer Pooling) Project analisaram cerca de 23 estudos, que continham informação sobre 10 mil casos de cancro do estômago e 26 mil controlos

Uma investigação realizada por um consórcio internacional, em que o Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP) participa,harmonizou e integrou dados de vários estudos de 16 países que elencavam fatores de risco para o cancro do estômago e concluiu, de forma robusta, que a probabilidade de desenvolver este tipo de cancro aumenta com o crescente número de cigarros que se fuma. Por exemplo, quem fuma 20 cigarros por dia (o equivalente a um maço de tabaco) aumenta em cerca de 30% o risco de vir a desenvolver cancro do estômago.

 
510 palavras
1 Imagens
Ciência  PORTUGAL 10/05/2018

Olhamos para o interior das células e percebemos como se tornam cancerosas

A instabilidade genómica criada pelo excesso de centrossomas pode ajudar as células a tornarem-se malignas

Um estudo em esófago de Barrett permitiu perceber o papel dos centrossomas, estruturas mais pequenas que um fio de cabelo dividido centenas de vezes, no desenvolvimento do cancro esófago. Ao perceber os centrossomas, percebemos como se inicia esta neoplasia. As células começam por acumular centrossomas, que desempenham um papel vital na divisão celular, antes de se transformarem em células cancerosas. Se percebermos a contribuição dos centrossomas para o processo, poderemos vir a melhorar o tratamento dos doentes.

 
415 palavras
1 Imagens
Ciência  PORTUGAL 10/05/2018

We look inside the cells and understand how they become cancerous

A study in Barrett's esophagus condition unveiled the role of centrosomes, tiny structures that are smaller than a hair divided hundreds of times, in the development of esophageal cancer. Understanding the centrosomes we can know how this cancer begins

A study in Barrett's esophagus condition unveiled the role of centrosomes, tiny structures that are smaller than a hair divided hundreds of times, in the development of esophageal cancer. Understanding the centrosomes we can know how this cancer begins. Cells begin to accumulate centrosomes-organelles that play a vital role during cell division-before they transform into cancer cells. Understanding the contribution of centrosomes to this process may lead in better treatments.

 
400 palavras
1 Imagens
Ciência  PORTUGAL 10/05/2018

La amplificación de los centrosomas de las células puede iniciar el cáncer

Un estudio desarrollado por científicas portuguesas apunta que las anomalías en el número de centrosomas surgen temprano en la progresión del esófago de Barrett, asociada al cáncer de esófago

Las células comienzan a acumular centrosomas, orgánulos que desempeñan un papel vital durante la división celular, antes de que se transformen en células cancerosas, según un estudio realizado en pacientes con esófago de Barrett, que se asocia con el cáncer de esófago. La investigación, que acaba de publicarse en la revista ‘Journal of Cell Biology’, sugiere que casos similares de acumulación de centrosomas pueden contribuir al inicio y la progresión de diversos cánceres.

 
686 palavras
1 Imagens
Ciência  PORTUGAL 04/05/2018

Plantean un nuevo modelo de comunicación de las células vegetales

Investigadores de Estados Unidos, Portugal y México han descubierto que las proteínas similares al receptor de glutamato o GLRs forman la base de una compleja red de comunicación dentro de las células vegetales

Las células vegetales comparten un extraño y sorprendente parentesco con las neuronas animales: muchas de ellas tienen proteínas que se parecen mucho a los receptores de glutamato, que ayudan a transmitir las señales nerviosas de una neurona a otra. Aunque las plantas carecen de sistema nervioso, estudios previos habían demostrado que necesitan estas proteínas similares a los receptores de glutamato para reproducirse, crecer y defenderse contra enfermedades y plagas.

 
519 palavras
1 Imagens
Ciência  PORTUGAL 04/05/2018

A new model for communication in plant cells

UMD-led study details how plant cells use glutamate receptor-like proteins to build single-cell communication networks

Plant cells share a strange and surprising kinship with animal neurons: many plant cells have proteins that closely resemble glutamate receptors, which help to relay nerve signals from one neuron to another. While plants lack a true nervous system, previous studies have shown that plants need these glutamate receptor-like proteins (GLRs) to do important things such as mate, grow, and defend themselves against diseases and pests.

 
885 palavras
1 Imagens
Ciência  OPORTO 02/04/2018

Projeto europeu para promover ambientes de trabalho mais saudáveis

Esta Ação COST, financiada pela Comissão Europeia, envolve 73 participantes de 28 países. O propósito é identificar riscos para a saúde relacionados com o trabalho e propor políticas de prevenção

O Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP) é uma das entidades participantes na rede OMEGA-NET, uma ação europeia que tem em vista integrar e otimizar as coortes de saúde ocupacional na Europa. O objetivo último é identificar riscos para a saúde relacionados com o trabalho e apontar políticas de prevenção que garantam um contexto laboral mais saudável nas empresas.

 
342 palavras
1 Imagens
Ciência  PORTUGAL 20/03/2018

Universidade do Porto em estudo sobre possíveis efeitos positivos da cerveja na diabetes

Uma equipa de investigação que inclui especialistas da Universidade do Porto foi distinguida com a Bolsa Emílio Peres da Sociedade Portuguesa de Diabetologia

Uma equipa de investigação que inclui especialistas da Universidade do Porto foi distinguida com a Bolsa Emílio Peres da Sociedade Portuguesa de Diabetologia. A bolsa, no valor de cinco mil euros, visa financiar um projeto que pretende avaliar se o consumo de cerveja sem álcool pode ter um impacto positivo nos pacientes com diabetes.

 
413 palavras
1 Imagens
Ciência  PORTUGAL 26/02/2018

Morcegos tropicais dão-nos lição: dieta variada é chave para diversificação das espécies

Investigação do Centro de Estudos do Ambiente e do Mar da Universidade de Aveiro

De que forma o tipo de alimentação influencia a formação de novas espécies? Através do estudo da dieta dos morcegos noctilionoídeos da América do Sul, uma equipa de biólogos da Universidade de Aveiro (UA) deu mais um passo na compreensão da ancestral mas pouco compreendida relação entre comida e diversificação das espécies. No caso deste morcego, que se divide em mais de 200 espécies numa diversidade sem paralelo entre os mamíferos, os biólogos garantem que sua dieta variada é mesmo a chave que explica a enorme riqueza genética.

 
574 palavras
1 Imagens
Ciência  OPORTO 15/02/2018

Asiáticos y europeos son más vulnerables ante el síndrome de shock del dengue por su genética

Una investigación de la Universidad de Oporto identifica genes relacionados con los vasos sanguíneos que confieren un mayor riesgo de desarrollar este problema

La globalización y el cambio climático están propagando las enfermedades tropicales en todo el mundo, pero no todas las poblaciones son igualmente susceptibles a la infección. Las variantes génicas comunes en personas de ascendencia asiática y europea las hacen más propensas que las de origen africano al desarrollo del síndrome de choque del dengue o síndrome de shock del dengue, según un estudio que se acaba de publicar en PLOS Neglected Tropical Diseases.

 
438 palavras
1 Imagens
Ciência  OPORTO 02/02/2018

Investigadores do Porto “decifram” causas da hiperatividade e défice de atenção

Calcula-se que a PHDA afete entre 5 a 8% das crianças em idade escolar, atingindo sobretudo o género masculino

Um novo estudo assinado por cientistas da Universidade do Porto e do Politécnico do Porto (P.Porto) vem lançar novas luzes sobre a neuroanatomia da Perturbação de Hiperatividade e Défice de Atenção (PHDA), condição que afeta entre 5 a 8% das crianças em idade escolar, com especial incidência nos rapazes.

 
440 palavras
1 Imagens
Ciência  BRAGA 18/01/2018

Científicos portugueses revelan la diversidad genética de la tuberculosis bovina en África

Investigadores de la Universidade do Minho recogieron muestras de 'Mycobacterium bovis' en Mozambique y las compararon con otros países africanos

La tuberculosis bovina es una enfermedad infecciosa causada por la bacteria Mycobacterium bovis que afecta principalmente al ganado bovino, pero también a otros animales y a los seres humanos. Al combinar genotipos de muestras de M. bovis de vacas en países africanos, investigadores portugueses de la Universidade do Minho han podido estudiar la diversidad y la evolución de la enfermedad. Los resultados se acaban de publicar en la revista PLOS Neglected Tropical Diseases.

 
415 palavras
1 Imagens
Ciência  AVEIRO 18/12/2017

Projeto LIFE aponta bacteriófagos como alternativa aos antibióticos na aquicultura

Os bacteriófagos (ou fagos) são vírus que infetam e destroem bactérias específicas. Nos últimos anos, os bacteriófagos têm sido sugeridos como uma alternativa aos antibióticos na aquicultura

Um projeto em que participaram investigadores da Universidade de Aveiro (UA) mostrou resultados promissores quanto ao uso de bacteriófagos (ou fagos), organismos que infetam e destroem bactérias patogénicas, na aquicultura, em alternativa aos antibióticos. O LIFE-Enviphage, projeto LIFE financiado pela Comissão Europeia e coordenado pela empresa AZTI, mostrou que os fagos não afetam significativamente as comunidades bacterianas naturais, são uma “alternativa viável” e não apresentam risco para animais.

 
528 palavras
1 Imagens
Ciência  AVEIRO 06/11/2017

Lesma marinha sobrevive sem alimento retendo cloroplastos das algas que come

Estudo publicado na 'Scientific Reports' envolve investigadores da UA

Poder-se-ia dizer que roubar cloroplastos compensa. Apesar de estes serem estruturas sub-celulares responsáveis pela fotossíntese típicas de algas e plantas, há espécies de lesmas-do-mar que se alimentam de algas e que conseguem reter essas estruturas e de as usar em benefício próprio. Um estudo publicado na Scientific Reports, realizado por uma equipa internacional que inclui investigadores da Universidade de Aveiro (UA), prova-o.

 
299 palavras
1 Imagens
Ciência  PORTUGAL 25/10/2017

Investigadora da FMUP melhora cirurgia para problemas de incontinência

A intervenção consiste na utilização de um elétrodo (material semelhante a um fio elétrico) debaixo da pele para estimular os nervos que vão permitir a continência

UP/DICYT Um estudo desenvolvido na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) vai permitir melhorar o tratamento de problemas de incontinência – uma patologia que, em Portugal, afeta cerca de 600 mil pessoas, a maioria mulheres entre os 45 e os 65 anos de idade. A investigação teve como principal objetivo melhorar uma técnica cirúrgica frequentemente utilizada em casos que não respondem a métodos tradicionais.

230 palavras
1 Imagens