Nutrition Mexico Ciudad de México, México, Thursday, May 03 of 2012, 13:51

Desenvolve-se concretos permeáveis que permitem reutilizar a água das chuvas

O objetivo é recarregar os lençóis freáticos ou canalizar o líquido até um ponto de captação para que possa ser reutilizado

Agência ID/DICYT Pesquisadores da Universidade Ibero-americana (Ibero), da cidade do México, desenvolvem concretos permeáveis que permitirão recarregar aqüíferos ou reutilizar a precipitação pluvial. Como exemplo destes desenvolvimentos encontram-se os concretos permeáveis cuja matriz cimentante é polimérica (plástico), suas propriedades permitem a permeabilidade e o controle ideal do fluxo de água; desse modo, os produtos desenvolvidos na Ibero poderão captar e reutilizar a água da chuva.

 

Os especialistas desta casa de estudo buscam o desenho de concretos permeáveis com o objetivo de carregar os lençóis freáticos ou canalizar o líquido até um ponto de captação, para que possa ser reutilizado.

 

O professor Uriel Texcalpa Villarruel, titular da pesquisa, afirma que a tecnologia permite a passagem da água por sua estrutura, pois o líquido circula através das cavidades do concreto e evita a acumulação do líquido sobre a superfície.

 

Para evitar que a água se infiltre em diversas parte do solo, o concreto permeável deve ser colocado sobre uma matriz cimentante, cuja resistência permita lacrar o fluxo de água até a o fundo. Para conseguir este objetivo, o especialista trabalha atualmente com polímeros que aumentarão as propriedades de resistência da matriz cimentante.

 

A esse respeito o pesquisador afirma que “quando os concretos são permeáveis, têm alto grau de instabilidade, de modo que atualmente trabalhamos no desenvolvimento de materiais como a sílica (material duro encontrado nas pedras), que possam ser incluídos nos concretos permeáveis e permitam sua estabilidade”.

 

Texcalpa Villaruel comenta que os concretos poliméricos são ideais para espaços públicos com abundância de pedestres, como parques, bancos ou calçadas, dentre outros. Isso porque a velocidade de escoamento da água é menor, o que permite que o líquido penetre nas estruturas internas.

 

Outros benefícios do concreto polimérico permeável são a redução da saturação da drenagem, além da redução dos custos econômicos gerados pelos danos econômicos superficiais causados pela poças.

 

Finalmente, o pesquisador afirma que os primeiros resultados poderiam ser observados em no máximo um ano. Video http://bit.ly/J7iJNV.